Paquímetro

Publicado por: em 09/07/2018

Categoria: Ferramentas

O Paquímetro é um instrumento de extrema usabilidade em uma oficina mecânica, tornearia, retifica e até mesmo em acessórios de peças, pois é de fácil manejo e simples suas escalas de medição.

Paquímetro 1

O paquímetro é encontrado em qualquer loja de ferramentas de precisão, casa de máquinas, acessórios de ferramentas, casas de parafusos e outros locais onde é comercializados ferramentas de precisão.

Existem no mercado e em vários seguimentos de mecânicas modelos variados de paquímetros destinados aos serviços que estão e serão executados:

Na figura abaixo mostra, vários modelos de paquímetros:

Paquímetro 2

Os paquímetros Universais, digitais, com relógio comparador são para medirem comprimentos, diâmetros, profundidades, larguras, diâmetros externos, internos, etc.

No nosso artigo usaremos por hora o universal.

Este tipo de paquímetro atende todos os requisitos de medidas que os demais e na mesma precisão.

Conhecendo o paquímetro

O paquímetro é um instrumento para medir comprimentos que permite leituras de frações de milímetros e de polegadas, através de uma escala chamada vernier ou nônio.

No sistema métrico, a escala fixa é dividida em intervalos de 1 mm e existe Vernier com 10, 20 e 50 divisões. Tem-se, portanto, paquímetros com as seguintes sensibilidades:

Vernier com 10 divisões: S = 1 / 10 -» S = 0,1mm
Vernier com 20 divisões: S = 1 / 20 -» S = 0,05mm
Vernier com 50 divisões: S = 1 / 50 -» S = 0,02mm

N “sistema inglês de polegadas fracionárias, a menor fração é 1/16” e o Vernier tem 8 divisões:

S = (1/16”)/8 -» S=(1/16″)*(1/8) -» S=1/128″

Utiliza-se “para medições em peças cujo grau de precisão é aproximado até 0,02 mm, 1/128” ou 0,001″.

Corpo Fixo e Móvel do Paquímetro

Veja abaixo um modelo de paquímetro universal, ele é composto de duas partes principais: corpo fixo e corpo móvel ( cursor ).

Estas partes são constituídas por:

  • Vernier (lê se Verniê), Escala com leituras em polegadas;
  • Nônio ou vernier – Escala com leituras em milímetros;
  • Régua – Com duas escalas: polegadas e milímetros;
  • Haste – para medir profundidades;
  • Orelhas – uma fixa e outro móvel (cursor), indicado para medidas internas;
  • Bicos – um fixo e outro móvel (cursor), para medidas externas;
  • Impulsor e trava do cursor, este ultimo não está localizado nesta figura, porque o impulsor também serve como trava do cursor. Veja mais detalhes na figura abaixo:
Paquímetro 3

Na pratica, a escala mais usual é a de milímetros, por estarmos no Brasil e seguir normas brasileiras como do INMETRO e ser de fácil leitura, já que a conhecemos. Mas, para conhecer todas as escalas do paquímetro rapidamente, basta para isso treinar e memorizar as escalas de milímetros e polegadas.

Como usar o nônio

O Nônio ou Vernier (pronuncia-se verniê) é um dispositivo tecnológico que aumenta a sensibilidade de uma escala, por subdividir a menor divisão dela. Neste simulador, o nônio tem dez espaços entre as linhas verticais. Ele divide por dez o milímetro (obtendo décimo de milímetro) que é a menor divisão da escala principal. Na metrologia da área metal mecânica, é usado vários instrumentos de medição, dentre eles: paquímetro, micrômetro e goniômetro ou transferidor de graus.

Exemplos de simulações de medidas do paquímetro:

Neste simulador, o nônio é a escala de baixo, a que desliza sob a escala principal (escala 1:100 do metro – isto significa que os números da escala principal expressam os centímetros, contudo, como esta dimensão linear está subdividida por outras dez linhas, a menor divisão da escala principal é o milímetro).

Paquímetro 4

Os traços do nônio que se alinhar com um dos traços da escala principal darão a medida decimal, que deve ser somada à medida inteira da escala principal (quantos intervalos entre os traços o zero (0) do nônio deixou à sua esquerda).

Observe que quando o zero do nônio não está perfeitamente alinhado com alguma marca da escala principal não temos certeza da posição que ele ocupa (ex.: 2 mm) na figura 3, nós podemos afirmar que o valor apontado é maior que 2,0 mm e menor que 3,0mm. Contudo, os valores, propriamente ditos, só podem supor: 2,4?, 2,5?; 2,6?; 2,7?

Uma solução possível seria dividir o espaçamento da escala principal, de modo que houvesse mais marcações, aumentando a chance do zero do nônio alinhar com alguma delas (ex.: 2 ¡ ¡ ¡ ¡ ¡ † ¡ ¡ ¡ 3 = 2,6!). Contudo, esta solução está restrita às limitações da visão humana.

Paquímetro 5

Tecnicamente, o que o nônio faz é aumentar a sensibilidade da escala principal, ao subdividir sua menor divisão.

Paquímetro 6

Resolução

Por definição, a resolução é a menor diferença entre indicações de um dispositivo mostrador que pode ser significativamente percebida. Deste modo, a menor medida que pode ser lida num instrumento é chamada resolução.

Podemos determinar a resolução do instrumento dividindo a menor divisão da escala fixa pelo número de divisões do nônio.

Neste simulador a menor divisão da escala é o milímetro, que é dividido pelas dez divisões do nônio. A resolução deste simulador é 0,1mm.

Nesta primeira demonstração, temos registrado na escala principal uma medida correspondente a 2, ?mm, Pois a escala do nônio está oculta, então fica impossível saber a medida exata.

Agora repare na figura abaixo:

Paquímetro 7

Podemos identificar através da figura, precisamente a medida 2,6 mm, repare que o nônio está dividido em 9 partes de 0 a 10, e o 6º traço coincidiu com o traço da escala da régua do paquímetro.

Características construtivas do nônio

Há duas possibilidades para a construção do nônio, o chamado nônio ou vernier direto (o adotado neste simulador) e o nônio ou vernier retrógrado.

Nônio direto – o mais comumente encontrado, as (N) divisões do nônio direto correspondem a (N-1) divisões da escala principal.

Paquímetro 8

Nônio retrógrado – No nônio retrógrado suas (N) divisões correspondem a (N+1) divisões da escala principal (o nônio do goniômetro ou transferidor de graus é um nônio retrógrado).

Na pratica como medir com o paquímetro

Veja nos exemplos nas figuras abaixo, onde serão mostrados maneiras corretas de medir com o paquímetro:

Paquímetro 9

Erros que devem ser evitados quando está medindo com o paquímetro

Algumas precauções que devem ser seguidas ao medir com o paquímetro. Por exemplo, as escalas devem ser lidas perpendicularmente ao instrumento, e de frente, evitando-se o erro de paralaxe ou de visada. Veja a figura:

Paquímetro 10

Uso do paquímetro com nônio em polegada fracionária

Compreendendo e medindo

Como ler e usar um paquímetro com nônio para a leitura e interpretação de polegada fracionária?

Vernier ou nônio: simulador de leitura e interpretação em polegada fracionária resolução 1/128.

Cada divisão da escala principal representa 1/16 (um dezesseis avos) de polegada.

Este espaço é dividido pelo nônio por 8 (oito) e o valor da medida é obtido pela soma do inteiro, à fração da escala principal e à fração do nônio. Com o aperfeiçoamento trazido pela prática, esta álgebra se torna automática. Contudo, nem sempre temos tempo para aperfeiçoar estas coisas todas.

Algumas dicas de medidas

Interpretação em polegada fracionária resolução 1/128 que a engenharia do uso do nônio está em identificar em qual parte da distância entre duas marcas (de 1/16″) o zero do nônio está, por exemplo: quando ele está na metade da distância entre uma marca e outra, soma-se metade de 1/16” (1/16 * 1/2 = 1/32) à medida da escala principal. O número 4 (que é metade de 8) do nônio alinhado indica isto.

Na figura abaixo, a quinta marca do nônio indica que deveremos somar 5/128 à medida da escala principal:

Paquímetro 11

Maneiras fáceis de elaborar este raciocínio

Na escala principal, conte o número de marcas depois da polegada inteira e antes do zero do nônio e multiplique este valor por 1/16 (7 marcas * 1/16 = 7/16);

Veja qual é a marca do nônio que está alinhada e multiplique por 1/128 (5ª marca * 1/128 = 5/128);

Some estes valores ao inteiro da escala principal, (7/16 = 14/32 = 28/64 = 56/128 + 5/128 + 1 = 1.61/128);

Como 61 é número ímpar não dá para simplificar.

Esta álgebra toda, pode no início, deixar alguém incomodado e com medo de realizar estas contas na hora da verdade. Mas, ainda a uma maneira prática e mais fácil de ler estas medidas:

Cada marca da escala principal é equivalente a 8/128 (1/16 = 2/32 = 4/64 = 8/128 – veja no nônio um número 8 para ajudar a lembrar) assim:

Na escala principal, conte o número de marcas depois da polegada inteira e antes do zero do nônio e multiplique este valor por 8/128 (7 marcas * 8/128 = 56/128);

Veja qual marca do nônio está alinhada e multiplique por 1/128” (5ª marca * 1/128 = 5/128);

Some estes valores com o inteiro da escala principal (56/128 + 5/128 + 1 = 1.61/128)

Para numeradores pares simplifique a fração dividindo tanto o numerador como o denominador por dois até que fique ímpar.

Com a experiência, vá observando que se a marca do nônio que alinhou for um número par dá para simplificar antes de iniciar os cálculos, facilitando ainda mais as contas. Vamos supor que a quarta marca do nônio estivesse alinhada na figura anterior, (dá para inferir que o resultado será igual à medida que calculamos diminuída de 1/128), mas vamos fazer lendo e interpretando. Vamos lá:

Veja qual marca está alinhada no nônio e multiplique por 1/128 (4ª marca * 1/128 = 4/128);

Simplifique esta fração: 4/128 = 2/64 = 1/32

1/32 (“lembra que é a metade de 1/16”)

Na escala principal, conte o número de marcas depois da polegada inteira e antes do zero do nônio e multiplique este valor por 2/32 (7 marcas * 2/32 = 14/32);

Some estes valores ao inteiro da escala principal (1/32 + 14/32 + 1 = 1.15/32)

Nota: Se o denominador for: 32 cada marca da escala principal deve ser multiplicada por 2/32; se for 64 cada marca da escala principal deve ser multiplicada por 4/64 e se for 128 cada marca da escala principal deve ser multiplicada por 8/128

“Pratique todos os dias, só assim é possível aprender”.

Próximo assunto da série metrologia: Micrômetro



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *