Troca da correia dentada Fox 1.0 8V

Publicado por em 12 de outubro de 2018
Categorias: Correia dentada
Tags: , , ,

Troca Correia dentada Fox

A substituição da correia dentada, tanto como o rolamento tensor são recomendados pelo fabricante dentro de uma kilometragem de 40.000 a 50.000 km rodados ou por quaisquer danos a estes componentes importantes ao sincronismo do motor.

Troca da correia dentada Fox 1.0 8V 1

Observação: É importante na substituição o uso de correias e tensores genuínos, por atenderem as normas de segurança e garantir durabilidade e qualidade nos serviços.Estes procedimentos também são usados para os motores MI 1.0 8V At e os Flex Power 1.0, 1.4, 1.6. Todos da familia de motores EA111.

Estes acessórios são peças fundamentais para o funcionamento do motor, pois os mesmos desenvolvem o sincronismo do motor, ou seja:

Para manter o virabrequim e comando rodando na mesma sincronia é necessária que:

  • A engrenagem do virabrequim e comando estejam em seus devidos pontos. Ou então,
  • haverá o atropelamento das válvulas pelos pistões do motor, destruição dos pistões, quebra das valvulas e até mesmo quebra da biela do motor.
Troca da correia dentada Fox 1.0 8V 2

No caso deste motor denominado “AT” ou Power 1.0 da montadora Volkswagen é muito fácil a substituição da correia dentada e o tensor, o mesmo contém somente dois pontos de sincronismo que são:

  • do virabrequim e,
  • eixo comando de válvulas.

Dispensando ferramentas especiais de sincronismo ou trava do volante, comando, etc. Ao contrario dos motores de 16 válvulas da mesma familia que depende de uma e outras ferramentas para o sincronismo.

A seguir passo a passo de como substituir a correia dentada do motor do Fox 1.0 8V. Como ja descrito, os procedimentos são os mesmos para todos os motores EA111 da Volkswagen.

1º Passo:

Conferindo o ponto da engrenagem do virabrequim

  • Retire a roda dianteria do veículo do lado direito, para isso eleve o veiculo;
  • Retire a correia do alternador;
Troca da correia dentada Fox 1.0 8V 3
Troca da correia dentada Fox 1.0 8V 4

Observe que há uma identificação de ponto (marca) na polia, que unidas às marcas da carcaça de proteção da correia, identificam o ponto da engrenagem do virabrequim, que também por sua vez indica que o pistão está no ponto morto superior (PMS).

Esse é o primeiro processo e referência para o mecânico iniciar a troca da correia dentada.

Troca da correia dentada Fox 1.0 8V 5

Observação: Em condições normais não é necessário a remoção da engrenagem do virabrequim, salvo se a mesma estiver danificada (geralmente os danos nessa engrenagem é em sua chaveta, costuma roçar em caso extremos).

Neste caso aconselha-se a troca de todo o conjunto de engrenagens. Ou seja, do virabrequim e do comando de valvulas. Mas posso adiantar que essa necessidade é muito rara acontecer!

  • Agora retire a proteção externa da correia dentada;
Troca da correia dentada Fox 1.0 8V 6

Observe na imagem que existe também na engrenagem do virabrequim e na carcaça da bomba de oleo, referencias (marcas, pontos, dente rebaixado, um risco, etc). São essas identificações que interessa na hora da montagem da correia dentada, pois são estes pontos fixados na engrenagem e na carcaça bomba de óleo que identificam com precisão o ponto de sincronismo do eixo virabrequim do motor. Lembrando que ainda esses pontos não bastam para o sincronismo da correia, ainda existe o comando de valvulas que devem acompanhar as mesmas referencias, so que em outras localidades diferentes. Veremos em detalhes no proximo passo.

2º Passo:

Conferindo o ponto da engrenagem do eixo comando de válvulas

Observe na imagem que os pontos de sincronismo do comando também estão coincidindo com a marca localizada na proteção interna da correia que mais se parece com um top triangular.

Troca da correia dentada Fox 1.0 8V 7

Veja, nesta imagem que há na polia um pic entre os dentes da engrenagem, e que estão coincidindo com o top da proteção da correia.

Observação teorica: A correia dentada, como também as correntes de sincronismos tem a função de sincronizar as engrenagens como se fosse um conjunto de engreangens unidas em seus pontos diretamente, nesse caso da correia, ou corrente os mesmos estão corretamentes unidos em seus pontos, so que distantes. Estes feitos são economicos, melhora na construção e os efeitos de ruidos são platicamente neutros.

Troca da correia dentada Fox 1.0 8V 8

3º Passo:

Retirada da correia dentada

Vimos nos passos acima mencionados, que o motor se encontra sincronizado e a troca da correia dentada será efetuada com precisão, sem maiores problemas.

O mecanico deve sempre em primeiro lugar ao efetuar esse tipo de reparos observar atentamente os passos descritos acima, isso facilita a remoção e substituição da correia dentada e do tensor, o serviço se torna rapido e com precisão tanto deste tipo de motor como de todos os outros que utilizam destes métodos de sincronismo. No caso da ruptura da correia, ou outros danos o processo deve ser o mesmo, localizar os pontos de sincronismo do motor antes de qualquer iniciativa.

Prosseguindo com a troca da correia, será necessário agora fixar o motor ou apoiá-lo de maneira que o mesmo não venha a cair, pois serão necessários a remoção do suporte do motor fixado ao coxim. Veja figura abaixo:

Troca da correia dentada Fox 1.0 8V 9

Observação: É necessária a remoção do suporte para a retirada da correia dentada.  A figura ilustrada é do motor da Volkswagen FOX 1.0 8V flex Power motor transversal. Nos veículos com motores em linha não há este suporte.

Troca da correia dentada Fox 1.0 8V 10

Aqui você tem visão do motor sem a correia podendo facilmente remover o tensor para substituição. Veja na imagem abaixo o tensor.

Troca da correia dentada Fox 1.0 8V 11

4º passo:

Montagem da correia e tensor

Para a montagem da correia dentada e tensor é só seguir o inverso, da desmontagem lembrando sempre de usar na substituição correias e tensores originais, assim os serviços ficarão garantidos e com qualidade.

Troca da correia dentada Fox 1.0 8V 12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: