Superaquecimento Motor (X10)

Publicado por: em 24/02/2013

Categoria: Arrefecimento

Tenho recebido aqui no blog, muitos comentários, contatos, e-mails de leitores que tem veículos com estes motores e que reclamam de superaquecimentos, pressão no radiador e que já fizeram de tudo sem resolver os problemas.

motor X10

Todos me pediram ajuda de alguma forma, mas como todo caso é um caso, e todo problema é diferente, escrevo este artigo tentando despertar uma técnica viável para as soluções dos problemas, quem sabe através dessa técnica possam resolver todos problemas de superaquecimento.

Há vários meses venho analisando problemas de superaquecimentos em motores da linha MWM, tanto da série 10 como da serie 229. O que tenho percebido é que os defeitos de superaquecimento destinam se em dois lugares. No bloco e nos cabeçotes. Claro que nem sempre tenho acertado, mas posso afirmar que em 80% dos casos de aquecimento é nestas regiões.

Como evitar constantes superaquecimentos?

A face de todos os blocos que usam camisas (molhadas) independente de ser MWM, Scania, Volvo, Cummins a queima ou deformação é sempre na região onde os cabeçotes se encontram, onde ficam lada a lado. Podem reparar que a junta do cabeçote só queima do lado maior ou na junção deles (lado a lado), este espaço a vedação é muito pequena e é justamente nesta região no bloco que também queima ou deforma.

cabeçote

Os reparadores, retificadores e até técnicos da MWM ignoram esses defeitos, achando desnecessária uma atenção mais profunda. Também agia assim, acreditava nas teorias, mas muitas surpresas e prejuízos me deram.

Muitos tiram o cabeçote, notam que a junta queimou e no diagnóstico do porque queimou, passam o dedo nesta região no cabeçote e no bloco e determinam que não existiu deformações e que nova junta resolverá. Coloca a nova junta, o cabeçote e realmente fica bom os serviços, mas dias depois os problemas se repetem.

Não é, e nunca foi um procedimento correto, isto não é técnica, conhecimentos e sim achismo, mania, confiança. Ponta do dedo não é instrumentos de medidas e, muito menos te dará algum tipo de medida, desgastes, não te passa valor algum, não se tem a ideia do tamanho do desgastes.

Quando falo em tamanho do desgastes, estou me referindo a centésimos, que é a escala que se usa em motores. Para ter medidas exatas use relógios comparadores ou uma escala plana, esta ultima também não é viável.

Na maioria dos casos os serviços executados é somente uma lixadinha, trocam as juntas dos cabeçotes e se queimar novamente os mesmos processos, lixam e trocam às juntas e assim vai. Para piorar, de vez em quando um pouco de cola (erradíssimo) até chegar ao ponto de não mais vedar e acontecer os importunos superaquecimentos.

Aí começam as incertezas:

  • Troca bomba de água;
  • Válvula termostática;
  • Limpa, conserta, troca o radiador;
  • Troca tampa do radiador, reservatório;
  • Troca hélice, trava hélice;
  • Tira o cabeçote, testa, plaina;
  • Retifica o motor;
  • Faz bomba, bicos;
  • Confere sincronismo;
  • Troca os kits;
  • Troca um monte de peças, faz isto e aquilo e…

Tudo inútil, só perca de tempo. Ou seja, não resolvem os problemas!

Você pode até me perguntar:

Mas a junta do cabeçote não veda em cima do colarinho da camisa?

Sim. Veda.

Mas concordo com esta pergunta em partes!

A MWM bate nesta tecla em todos os encontros técnicos com seus representantes e afirmam com todas as letras que isto ou aquilo não geram estes defeitos. Mas constantemente estão inventando maneiras de resolver os superaquecimentos e outros problemas de seus motores. Recentemente inventaram juntas duplas de metal para sanar problemas de superaquecimentos sem precisar plainar cabeçote ou blocos. Essas juntas usam nos motores da linha serie 12, mas pode ser usada também nos da serie 10.

Como mecânico e retificador, discordo destas técnicas de usar juntas duplas para resolver problemas de superaquecimentos! Mas como veio para sanar estes defeitos, acredito que possa resolver sim, mas ainda terá que corrigir através de usinagem a face do bloco e dos cabeçotes.

Juntas do cabeçote

É mesmo correto dizer que a junta do cabeçote veda em cima do colarinho da camisa, mas não podemos esquecer que existem espaços entre a camisa e o bloco, que também precisam e devem ser vedados, além das galerias de água, óleo e o espaço entre o colarinho da camisa e o alojamento do mesmo.

Para a perfeita vedação da junta do cabeçote, não pode haver espaços livres entre o cabeçote e o bloco. E é Justamente nestes espaços provocado por queimas de juntas ou desgastes naturais devidos ao trabalho de ambos os materiais (cabeçote, junta, camisa, mais as dilatações, picos de temperaturas, hora quente, hora frio). Sem contar que nesta região a temperatura é muito elevada. Qualquer brecha por menor que seja, o fogo passa e deteriora tudo.

altura_camisa

A MWM não recomenda plainar a face do bloco e nem do cabeçote

Estes desgastes é o espaço livre que mencionei isto faz com que a junta cedendo, o fogo passa com facilidade para a água, por entre os colarinhos da camisa, até chegar ao ponto de desintegrar partes do anel de metal da junta do cabeçote, onde veda este fogo. Queimando este anel importante de vedação, danificam:

  • Alojamentos dos acentos das camisas (colarinhos);
  • Camisas;
  • Cabeçotes;
  • A face do bloco. Gerando com isso, superaquecimentos, pressões no radiador, etc.

Para resolver, deve ser plainados os cabeçotes, o bloco e executar no bloco ainda as projeções de alturas das camisas do motor.

Estas são técnicas que venho pesquisando e executando os serviços, justamente por conta destes acontecimentos (superaquecimentos). Tem resolvido.

A MWM não aprova plainar bloco, cabeçotes, tornear pistões, e outras alterações. Muito menos vão aceitar a minha opinião. Posso até estar errado, mas não acredito que os engenheiros da MWM, percam tempo com estas possibilidades. Eles recomendam trocar o bloco, e os cabeçote e tudo que for envolvido.

Bem não estou aqui pra criticar, aparecer para ninguém e muito menos me engrandecer, o que quero é poder de alguma forma atender e sanar os problemas definitivamente dos motores de meus clientes e dos meus leitores. Cada um interprete as ideias como achar viável.

Para resolver estes problemas como mencionado acima é correto agir da seguinte forma:

  • Plainar a face do bloco, respeitando a tolerância da altura do bloco (Porque existem tolerâncias de altura máxima e minima). Recomendo plainas de blocos dotadas de ferramentas e não de pedras de segmentos, por que as pedras pioram a planicidade da face do bloco;
  • Plainar os cabeçotes;
  • Trocar as sede, guias, válvulas, e retificando os mesmos;
  • Refazer a projeção dos colarinhos (Use máquina apropriada e de qualidade para estes fins);
Superaquecimento Motor (X10) 1
  • As camisas e pistões devem respeitar a altura especificada pela montadora;
  • Aplicar os pistões ou kits conforme a especificação do motor, como todas as outras peças de reposição;
  • Acertar corretamente o ponto de injeção, inclusive disponibilizar de apostilas técnicas como o: Manual Corte Óleo, para estes fins;
  • Corrigir bomba e bicos injetores em postos autorizados;
  • Limpar radiador de água ou trocar;
  • Trocar e apertar corretamente os parafusos dos cabeçotes;
  • Corrigir hélice do ventilador (no caso de estiver ruim troque por uma nova, nunca trave ou acrescente qualquer produto dentro da embreagem);
  • Trocar o sensor de temperatura ou interruptor;
  • Usar aditivos corretamente e nas proporções corretas
  • Verificar selos de vedações, válvula termostática, possíveis trincos nos cabeçotes, altura de válvulas, etc.

Vários são os procedimentos técnicos para que esse motor e qualquer outro motor diesel deste porte funcionem sem problemas.

Lembrete: Quero deixar bem claro que estes procedimentos, estas técnicas uso diariamente por conta e risco na retifica e também outras técnicas e pequenos detalhes que precisam ser vistos e aplicados na montagem do motor. Estes feitos, tem me trazido resultados satisfatórios. Meus clientes agradecem!



530 respostas para “Superaquecimento Motor (X10)”

  1. Olá tenho um x10 precisei fazer a bomba injetora o bombista colocou no ponto via relógio comparador ñ bateu com a regulagem da bomba anterior e tbm o caminhão ñ pegava ai colocou na regulagem anterior o caminhão funcionou normal so que ele ficou esquecendo um pouco coisa pouca so com o determinar dos tempos ciosa de um ano e meio a temperatura esta subindo cada vez mais o que pode ser.

  2. bruno pilege disse:

    boa noite.
    tenho um volvo vm 23-240 ano 2005, com um motor mwm x10.
    retifiquei o motor por completo, troquei radiador, troquei embreagem de viscosa, fiz bomba injetora, turbina nova, radiador com fluido…
    esta sem valvula termostatica, e mesmo assim esquenta.
    durante a noite por ser mais fresco roda legal.
    Quando pega um dia quente, é um desespero, rodar com ele.
    oque mais posso fazer?
    mi ajuda por favor…

    • EdSolique disse:

      Motor MWM aplicado no volvo não é x10 é x12. São parecidos, mas muda muito, principalmente junta cabeçote, e os kits. A montagem também do motor tem que prestar muita atenção em muitos detalhes, como: altura camisa e pistão, vedação das camisa e outros. Ponto, bicos também influência no arrefecimento, trabalhar sem válvula termostática, nem pensar para esse motor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *