Ruídos no volante dupla massa do motor MWM Sprint

O volante de dupla massa é aplicado no Motor Sprint 4.07T e 4.07 TCE

A MWM resolveu analisar e substituir em garantias todos os volantes de dupla massa por estar apresentando ruídos indesejáveis, segundo reclamações.

A MWM sempre fica atenta a qualquer avaria de seus produtos, principalmente quando se trata de peças importantes para o motor.

Volante de dupla Massa

O volante de dupla Massa é uma dessas peças que tem particularidades especiais no motor, além dele deter os ruídos e trancos ele é responsável ao inicio de partida do motor por conter uma cremalheira onde o componente do motor de partida, aciona o mesmo até que a primeira partida do motor entre em funcionamento, também nele é fixado o conjunto de embreagem e ainda em motores eletrônicos tem função de gerar pulsos de rotação através de um sensor de rotação, indicando a central que o motor entrou em funcionamento.

Defeitos

Enviados por reclamações este tipo de volante ao laboratório técnico da MWM por supostas avarias em seu mecanismo, onde foram analisados e constatados que não foram encontrados quaisquer tipos de defeitos mencionados. As analises técnicas comprovaram que: foram observadas elevadas incidências de substituições dos componentes e que não apresentaram as falhas reclamadas (sem nenhum defeito).

A fim de melhorar o diagnóstico no distribuidor autorizado e evitar substituições indevidas, é apresentado através de informações técnicas da MWM Boletins com os devidos procedimentos para diagnósticos destes componentes. Também foi apresentado novo formulário para preenchimento correto das avarias apresentadas e se realmente for constatado veracidade dos fatos a substituição da peça será o mais rápido possível.

Nota: Os responsáveis terão que preencher um novo formulário apresentando com clareza qualquer defeito que possa apresentar, para evitar constrangimentos para ambos os lados.

Procedimentos dos diagnósticos

  • Fixar o volante com dois parafusos em uma morsa.

  • Encaixar a ferramenta especial nº7000550C91 no volante. Encaixar os pinos de centralização no guia e fixar o dispositivo no volante com 3 parafusos.

  • Com o auxilio de um torquímetro, aplicar torque no sentido horário de 180 Nm.

  • Marcar a posição da  massa secundária do volante em relação à cremalheira.

  • Aplicar um torque de 180 Nm no sentido anti-horário e marcar a posição da massa secundária em relação à cremalheira.
  • Verificar a quantidade de dentes da cremalheira em todo o deslocamento (veja região indicada na figura).

Observação importante: Em um volante sem problema funcional a quantidade de dentes deve situar se entre 17 e 24 dentes. Observar atentamente o comprimento do parafuso que fixa o prato de embreagem, pois o mesmo poderá, além de travar o volante ainda deixará o mesmo deslocado de sua geometria de trabalho, ou seja, o mesmo deixará de atuar a sua massa.

Mais sobre: , , , ,