Hoje na manutenção de veículos de qualquer porte usa se o termo SISTEMAS. Esta técnica é infalível para se fazer manutenção em qualquer parte do veículo. Leve este termo a sério e dificilmente vai sofrer com certas panes, seja ela mecânica, elétrica ou eletrônica.

Houve-se muito dizer dentro de uma oficina, cursos, em palestras o nome sistemas; sistema de arrefecimento, sistema de lubrificação, de freio, de transmissão, elétrico, eletrônico, injeção, etc. Justamente para fazer entender logicamente o funcionamento por partes de um conjunto totalmente interligados.

Quais os benefícios desta técnica

Para facilitar como disse, na manutenção de determinados problemas.

Vou usar como exemplo neste artigo o sistema de arrefecimento

Antes confira: Quando abastecer, não deixe abrir o capô do seu carro

Se existe um problema de arrefecimento no motor, este mesmo aquece (sobe além do normal a temperatura), dispara o eletro ventilador na baixa depois na alta, ou nem liga e a temperatura hora marca alta hora baixa. Isto ocorre, quando existe ar no sistema de arrefecimento. Geralmente isto acontece quando há vazamentos do liquido ou pressão no sistema.

Verificar todo o sistema

Para resolver, tem que verificar todo o sistema, desde um selo de vedação que poderá ter um minúsculo furo, radiador, bomba de água, reservatório de expansão, tampa deste reservatório, sensor de temperatura da água e da injeção, resistência quando se tem ar condicionado, radiador do ar quente, abraçadeiras, mangueiras, válvula termostática, carcaça desta válvula, enfim, tudo mesmo, sem exceção.

Depois de tudo analisado e se existir defeito em algum componente, substitui o mesmo e o problema será resolvido, caso nada há nada de errado, o problema será mecânico. Esta técnica é válida para todos os sistemas. Técnicas como estas não falham na reparação, poupa tempo e dinheiro.

Ar no sistema

As vezes os problemas acontecem pelo simples fato do técnico não retirar corretamente o ar existente dentro do sistema por causa da manutenção que fez, no cabeçote, substituição da bomba de água, de uma mangueira, troca de um selo furado, e outros.

Teste antes para descobrir as causas

Sempre recomendo antes de qualquer manutenção, em vez de ir desmontado isto ou aquilo andar com o carro, com aparelho ligado ao sistema e através da leitura observar diretamente o defeito reclamado, claro quando se pode andar com o carro, isto também ajuda muito no diagnóstico e talvez possa esclarecer rapidamente as causas.