Problemas e soluções injeção eletrônica diesel – parte 2

Continuando sobre esta série de problemas e soluções.

S10 motor MWM sprint 2.8 eletrônica motor não funciona

 

bomba de alta pressãoPensamos na bomba de alta, no sensor do rail, válvula moduladora do turbo, pedal do acelerador, sensor de fase, sensor de rotação, mas analisando melhor, chegamos a conclusão que ainda era cedo para tanto.

Talvez estes defeitos aqui apresentados, para outros mecânicos sejam normais, pois já adquirem em seus currículos profissionais ferramentas especiais (conhecimento), ficando assim fácil diagnosticar os mesmos. O leitor ou mecânico que por acaso estiver lendo este artigo, e tiver estes conhecimentos, por favor deixe sua opinião e nos corrija caso em algum ponto decorrente no artigo estivermos equivocados, pois para a nossa equipe os defeitos foram inéditos. E mais uma vez recorremos e necessitamos de suportes técnicos, diálogos com outros mecânicos, concessionárias e quem poder nos atender. Também agradeço todos os companheiros que nos deu suporte e a qualquer momento se precisar, com certeza estarão disposto a nos ajudar. O mesmo faremos a quem precisar.

Os defeitos e soluções, os artigos anteriores foram editados pelo autor deste blog, mas para isto contei com várias pessoas de minha equipe, que todos os dias enfrentamos desafios e muitos resolvemos por conhecimentos próprios, insistência e dedicação.

Aprendemos todos os dias a enfrentar estes desafios profissionais, que no final é uma satisfação, por que além de vence-los, criamos mais uma página de experiência. Esta página no futuro poderá nos ajudar ou nos aproximar na solução de algum defeito que julgamos parecido.

Sabemos que o defeito de um veiculo de ontem, por mais parecido que seja, não poderá ser o mesmo. Mas sabemos que com as experiências adquiridas podemos associar os fatos e resolvermos sim um defeito que julgamos parecido, através de outros caminhos que só a mecânica é capaz de nos levar.

O mecânico trabalha muito com sentidos e os mais usuais é a audição e a visão, mas devemos trabalhar com todos eles, principalmente com o sexto sentido. Sentido este que está gravado em nossa memoria: (a experiência). Use de todos os sentidos neste sentido.

Tá difícil de resolver? Pare, pense, analise e depois siga os seus pensamentos, dificilmente da erro. Um pensamento insignificante, repentino que talvez não ter nada a ver com o momento presente, pode sim, fazer toda a diferença. Pode acreditar!

Confirmação de um pensamento que de início sem valor, mas que fez a diferença

S10 MWMRecentemente o nosso eletricista usou desta proeza, para resolvermos o defeito de uma S10 eletrônica motor Sprint 2.8.

Este veiculo foi socorrido na estrada pela nossa equipe de resgate (serviço de guincho), chegando, porem guinchada a nossa oficina. Era um dia de sábado mais ou menos umas 9 horas da manhã. A mesma não tinha mais partida por insistência do condutor em querer fazer a mesma funcionar.

Pois bem, começamos os diagnósticos mecânicos, as possíveis causa de porque não funcionar, vários testes fizemos em seguida conectamos o aparelho de diagnóstico no sistema eletrônico e nos foi apresentado um defeito presente: (código de erro na válvula controladora de pressão).

O primeiro pensamento foi a bomba alimentadora, mas era nova!

Pensamos na bomba de alta, no sensor do rail, válvula moduladora do turbo, pedal do acelerador, sensor de fase, sensor de rotação, mas analisando melhor, chegamos a conclusão que ainda era cedo para tanto.

Observação: todas as S10 eletrônica quando não quer pegar por falta de alimentação, o primeiro erro apresentado e na válvula controladora de pressão.

Temos percebido isto constantemente, e também já entendemos que quem controla esta válvula é o sensor de pressão do Rail, pois o mesmo emite sinal para a central que há, muita pressão ou nenhuma pressão. Resultado: acende a luz de anomalia e em seguida o sistema corta o combustível de uma vez e sem combustível o motor não funciona.

Em seguida uma serie de códigos de erros serão apresentados, por exemplo: pedal do acelerador, controlador do turbo, sensor de temperatura, um ou mais bicos injetores, interruptor ML, relê principal e por ai vai.

Nesta caminhonete o erro era somente na válvula reguladora de pressão, mas o defeito não era nesta peça eletrônica, comprovamos por substituí-la por uma nova e original.

Como o defeito estava comprovado de primeira instância que era no sistema eletrônico, convocamos para nos ajudar o eletricista. Vários testes foram feitos pelo eletricista: Testou os fusíveis, reles, entrada e saída da bomba elétrica, pulsos, voltagem, aterramento, chicote tudo Ok.

Conversando com o dono do veiculo, que vinha viajando com estes problemas a muitos quilômetros, perguntamos como que aconteceu estes problemas: se foi de uma vez, aos poucos, se é constante, etc. Ele nos disse que na estrada outros mecânicos mexeram mexeram e não solucionou o problema e confirmou que  a bomba elétrica fora mesmo trocada. Também foram trocados: o filtro de combustível, o filtro de ar e que depois destes diagnósticos puderam viajar alguns quilômetros até não funcionar mais até este momento.

Pensamos então que podia ser a bomba elétrica nova com defeito, mas ao ligar a chave ela funcionava perfeitamente, soltamos o engate por onde vem óleo diesel para o filtro de combustível e a pressão e vazão era boa. Partimos então para os sensores de sinais: sensor de fase e rotação tudo perfeito, trocamos por via das dúvidas o sensor de rotação, mas sem sucesso.

Novamente estávamos diante de um problema cabeludo, sem contar que uma semana antes havíamos feito no Senai em Dourados/MS, um curso exatamente sobre todos estes problemas do motor Sprint eletrônico de todos os modelos aplicados em S10, Frontier, delivery e outros. O sistema são idênticos e os possíveis problemas e soluções registrados pela fábrica da MWM motores, foram nos repassados detalhes por detalhes, várias simulações foram apresentados e esclarecidas o porque das panes.

Usamos de todos estes conhecimentos, conversamos diretamente com o nosso instrutor do curso a respeito e mesmo assim, não achava uma solução para o defeito desta caminhonete.

A descoberta do Defeito

De repente, nosso eletricista dentro da caminhonete ficou parado por alguns minutos e teve uma brilhante ideia!

Recordando alguns defeitos que havia solucionado em outro veiculo de outra marca resolveu associar a este defeito. De principio ignoramos, pois nada a ver. Mas ele insistiu e concordamos meio que sem querer aceitar, mas tudo era possível.

O seu pensamento estava certo!

Ele dizia que: em outros veículos por detrás de toda a carenagem do painel logo abaixo e do lado da caixa de ar interna existia uma caixa de reles principais e deduziu que na S10 também poderia ter. O seu pensamento foi exatamente no “X” da questão. Existia mesmo uma caixa onde continha alguns reles e  um destes reles controlava a bomba elétrica de combustível, e teve a intuição de que este relê era o vilão de todo o nosso problema.

Dito e feito, era mesmo o danado! Ele não trocou o relê, mas inverteu a sua posição, deu na partida e o motor funcionou redondinho.

Colocamos então na BR e a caminhonete cortou novamente, ele retirou o relê o mesmo estava muito quente. Trocando o mesmo o motor pegou novamente e solucionou de uma vez por todas o defeito.

Chegamos na oficina para comprovar de vez que era mesmo o relê colocamos novamente o original, retiramos novamente a mangueira da entrada do filtro de combustível, ligamos a chave e vinha óleo com força do tanque, e consequentemente a bomba funcionava lá no tanque. Foi dada a partida no motor e o mesmo pegou sem problemas, fomos dar outra volta com a caminhonete e ela cortou novamente. Refizemos todos os testes, mas já não vinha óleo e bomba elétrica não funcionava. Colocamos o novo relê e batata! funcionou.

Detalhes e conclusões desta história

No curso não sabíamos da existência desta caixa de reles, pois só fomos instruídos com os componentes ligado ao motor.

Mas uma vez quero dizer que o sexto sentido do eletricista fez a diferença e nos sem acreditar por alguns segundos, quase acabamos com a sua intuição. Ainda bem que somos uma equipe até nos pensamentos!

O dono da caminhonete sofreu por vários dias na estrada por conta de um mal funcionamento de um relê de controle, que ora funcionava ora não. Este cidadão estava vindo de São Paulo e indo para Rondônia.

Bem amigos leitores, este foi mais um problema que resolvemos, ficamos sem almoço, mas valeu a pena, por que mais uma página de conhecimento foi aberta e o nosso eletricista usou de uma destas páginas que havia guardado em seus arquivos dentro de uma pasta que somente ele terá acesso.

Como o eletricista, devemos também criarmos a nossa pasta de conhecimentos, pois serviu para a solução do problema. Esta nova página também poderá ser compartilhada caso o leitor um dia venha a precisar.

Até o próximo artigo.


Gostou do artigo?

Deixe aqui o seus Comentários a sua Opinião, Compartilhe!

Siga me também no TwitterFacebookLinkedinGoogle+

Ou então Assine a Newsletter do blog Mecânica Solique e receba as novidades do blog em seu E-mail.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Olá, Sejam todos Bem-Vindo ao Blog EdSolique! Atualmente exerço a profissão de Retificador de Motores na linha diesel, álcool e gasolina. Também atuo como: reparador, montador de motores, alguns conhecimentos técnicos em motores com injeção eletrônica sistema diesel e Otto. Deixo claro que na mecânica automobilística é impossível ter conhecimentos totais, pois a cada dia nos é apresentado um novo desafio. "Ter conhecimentos e dedicação todos os dias, é que nos torna profissional em qualquer área, aprendendo todos os dias a ser melhor que ontem" (Edvaldo Dias Solique – (Ajustador Mecânico Automobilístico). Autor do Blog: EdSolique Com o tema: "Mecânico dos Tempos Modernos"

55 opiniões sobre “Problemas e soluções injeção eletrônica diesel – parte 2”

  1. adicionei este na minha pasta de arquivo na mente e no pendraive porque amanhã posso ter que me valer dos milagers de santo edivaldo ok!mais uma vez obrigado amigo

  2. É verdade,todos os precisamos de mais desafios!O “saber” nunca é de mais!!!

  3. Olá! Estou tendo um Problema Sério, em relação a uma S10 Turbo diesel 2006.
    O que foi feito: Foram trocados, Sensor Common Rail, o Common Rail, Sensor de rotação, da bomba de alta, bomba do tanque, 4 Bicos novos da MWM, chicote da parte superior do motor (A instalação), Kit (modulo,mobilizador e chave), Sensor do Turbo.
    Foram feitos testes com outra S10 em funcionamento que colocamos todos esses itens acima sitados e funcionou perfeitamente.
    Mas o problema maior é que, ela só pega na partida injetando WD40 ou empurrando.
    Obs: Com o WD40 basta injetar uma pouquíssima quantidade que ela funciona e empurrando basta balançar o carro.

    FICO NO AGUARDO DE RESPOSTA, POIS ESTOU QUASE DOIDO JÁ COM ESSE CARRO, PELO AMOR DE DEUS ME AJUDE, OBSERVEI QUE VOCÊ É UM EXCELENTE PROFISSIONAL.

    SOU DO INTERIOR DA BAHIA-RIBEIRA DO POMBAL.
    MEU NUMERO PARA CONTATO É ESSE: (75) -9945-4334 VIVO / (75) 9260-2191 TIM.

    1. Ramon,
      O problema pode estar: no rele principal da bomba de combustível, na bomba de combustível, na bombinha de baixa que alimenta a bomba de alta, no solenoide regulador de pressão da bomba de alta.
      O problema de sua caminhonete é no sistema de baixa pressão, a mesma não está alimentando a linha de alta pressão.
      Verifique se a central está recebendo todos os dados através do aparelho de injeção, se todo o sistema está sendo monitorado.
      Pode ser também um simples aterramento, um fio quebrado, um conector que não está sendo conectado como deveria.
      Abraços.

    2. Nossa, gostaria de saber se conseguiu resolver o problema do carro, pois estou com esse problema, o scanner não encontra nenhum problema, todos os filtros foram trocados recentes, e é só bater o wd 40 que ele funciona, é uma S10 cs 2010 com 91.000 km, pode ser sujeira no tanque, já passei por vários mecânicos, eles dizem que tem que esperar o carro parar de vez, enquanto bater o lubrificante e ele funcionar não ha o que fazer, já que no aparelho não consta nada.
      Desde já obrigadaaaa…
      Fico aguardando,
      PARABÉNS PELO SEU BLOG Edvaldo Solique!!!

  4. ola, bom dia queria saber ser tem como e ajudar com um problema em uma S-10 2.8 A diesel
    ela não dar partida nem acende a luz de injeção no painel nem aciona a bomba, mas quando coloco um fio terra no rele de partida ai dou na chave o motor gira mas não fuciona esse e o primeiro defeito que pego desse tipo não tenho ideia do que possa ser alguem poder e dar uma dica ? dez de ja agradeço.

    1. Ernandes,
      O problema pode estar na bateria, aterramento, alternador, motor de partida ou talvez no próprio miolo da chave, ou então pode estar unicamente no rele principal do sistema elétrico ou eletrônico. Se for eletrônica o problema pode estar no sensor de fase e rotação ou falta de alimentação, aterramento na central, rele principal, rele da bomba, bomba alimentadora, enfim, está faltando alimentação em algum circuito principal.
      Abraços.

    1. Ana Maria,
      Por baixo do para-lama direito dianteiro, tem uma proteção, retire o mesmo e logo a sua frente estará o filtro de óleo (de cor preta ou branco com logo da MWM), impossível de não vê-lo ele é enorme. Use uma chave de pito se não estiver enganado 30 ou 32 mm, com extensões para soltá-lo.
      Abraços.

  5. Comprei uma S10 2008/2009 Colina 2.8 diesel. A mesma de vez em quando apresenta um problema, A MESMA NÃO PEGA. a PRESSÃO DA BOMBA ESTÁ OK. Quando isto ocorre basta por para funcionar no dia seguinte que a mesma pega na hora. ALguém ja me falou de falha no sensor de rotação. Dê-me uma solução para este caso. Oriente-me. Por favor!

    1. João,
      O sensor de rotação é mesmo responsável pela primeira partida no motor, porem ele não atua sozinho e junto na primeira partida depende também do sensor de fase.
      Que é o sensor responsável em indicar para o sistema eletrônico que foi descoberto o primeiro cilindro. Também se existir falta de pulso em algum bico injetor, o motor também não pega e quem envia pulso elétrico para os bicos são estes dois sensores na primeira partida. Resumindo um ou outro está com problemas em si, ou apenas conexão ou algum bico está com retorno muito alto de combustível comprometendo o sistema de injeção, ou também pode ser apenas conexão eletrica (mal conectado, fio quebrado, etc.)
      Abraços.

    1. Ramon,
      No sistema de transmissão existe solenoides que podem estar não recebendo informações, o correto é ir em uma autorizado ou oficina que mexa com estes sistemas e rastrear o sistema de transmissão para descobrir a causa do defeito.
      Abraços.

  6. Olá amigo Edson,
    Você esta de parabéns, por compartilhar as experiencias vivida na resolução dos defeitos com carros eletrônicos.
    Tenho uma S10 Eletrônica 2007, ha dois anos, moro em Rio Branco, Estado do Acre, e ha um anos, esta S10 vem tirando meu sono. Cada mecânico que procuro da diagnostico diferente e não soluciona o problema. vou dirigindo e derepente ela afoga. Levei a caminhoneta a um bombista especializado e representante BOCH, fez teste nos bicos injetores, tudo OK, fez teste na bomba de alta pressão Ok, passou o aparelho para identificar o problema e não encontrou nada, tirou o tanque e achei o problema,o fio positivo que liga da tampa do tanque até a bomba de baixa esta quebrado e queimado, trocou o fio e fomos embora, mas trinta minutos depois, afogou novamente e não conseguimos funciona-la, voltamos no bombista ele já estressado disse que não era problemas mecânicos e sim elétrico, então recomendou o melhor eletricista da cidade, chegando lá encontrou um fúsil queimado, trocamos e fomos embora pra casa andamos 30 quilometro desliguei tudo normal, mas quando dei partida não funcionou, no outro dia ela funcionou e fui rodado, chegando no eletricista passou o aparelho, não encontrou defeito, testou o modulo, relé, não encontrou defeito, ligou para outro amigos eletricistas e mecânicos e não entraram em acordo qual seria o problema, porque neste dia a caminhoneta estava funcionando normal, então o eletricista falou vá embora e quando afogar traga no guincho, então eu falei vamos andar nela e ha qualquer momento ela afogara, entrou mecânico e eletricista e pegamos a BR para Porto Velho rodamos mas de duas hora desligamos e ligamos a caminhoneta e tudo funcionando normal, fomos embora pra casa e no outro dia ela não funcionou, levamos para o eletricista e novamente passou o aparelho e não encontrou nenhum defeito, dei na partida e a caminhoneta funcionou. Então, após reunião do eletricista e mecânicos chegaram ha um acordo, vamos trocar a bomba do tanque, então, resolvi entrar em contato com o ex dono da caminhoneta e ele nos informou que isto tinha acontecido quando ele foi para Porto Velho duas vezes então trocou a bomba do tanque e resolveu o problema. Então trocamos o refil da bomba do tanque e a caminhoneta ficou boa sem defeito por quarenta dias e tudo começou novamente, ia andando e a caminhoneta afogava, só que o mais interessante é que neste tempo que ela afogava e só uma vez ela acendeu a luz no painel, as outras vezes não acendeu a luz da injeção dando falta de combustível. Então, tiramos a bomba do tanque e levamos para outro eletricista, ele condenou a bomba e colocou uma bomba nova BOCH sendo flex porque a bomba diesel da problema constantemente, e disse: monta ela no tanque da na chave umas oito vezes para injetar o diesel e depois da partia que ela vai funcionar e deu certo a caminhoneta ficou boa por mais alguns dias, e agora voltou a afogar, tem dia que afoga duas vezes por dia ai demora mas uns dez ou quinze dias e acontece afoga novamente, mas uma coisa nos compreendemos, quando ela afoga foi porque deu falta de combustível, então damos na chave para injeta combustível e partida e ela funciona e vamos embora, afogou repetimos o mesmo processo funcionamos e pé na estrada. Mas não temos como ficar sem encontrar o defeito. Então procuramos o mesmo eletricista que trocou a ultima vez a bomba do tanque e após vários minuto de conversa, ele chegou a conclusão que o problema e a tampa da bomba pode ter algum fio do encaixe rompido, porque a caminhoneta vai funcionando tudo normal e acaba o combustível e porque a bomba parou de injeta, então a corrente parou de chegar ate a bomba. Então estamos procurando a tampa da bomba e fui para a internet e encontrei seu blog e resolvi lhe escrever para obter alguma orientação.

    Muito obrigado.

    Gil Rodrigues

    (68) 9985-8819

    1. Gil,
      Para acabar de vez com o seu problema, compre a bomba do tanque completa, ou seja, com a carcaça, tampa, chicote, etc). Mas compre original para este modelo de caminhonete e ano de fabricação em um representante MWM. Se na sua cidade não tiver representante MWM, vá até um posto da Chevrolet e aproveitando pede para o eletricista desta concessionária retirar o chicote elétrico que vai do painel, da central, da caixa de fusível e rele da bomba revisar ou trocar por um novo. Porque estou lhe passando tudo isto?
      Porque adaptações geram problemas para o sistema porque o sistema não reconhece a resistência, vazão e nem pressão de bombas adaptadas, porque quando a fabrica coloca a bomba de combustível no veiculo são mapeados na central toda a função de um atuador, embora a bomba elétrica não seja considerada um atuador! Mas a central sabe que tem um rele que controla esta bomba e também sabe qual o valor da pressão e vazão na linha de baixa através de outros sensores e atuadores.
      Porque colocar todo o conjunto e não só o refil, porque os refis, dependendo da marca não é compatível com o sistema, funciona mas em pouco tempo este refil entra em curto porque está trabalhando além de sua capacidade para o qual foi projetado.
      Porque mexer no chicote: porque o mesmo pode também estar rompido e até quem sabe em curto, por aquecimento, por um fusível de grande valor, por um rele trocado anteriormente que não seja compatível com o sistema elétrico a qual foi projetado para proteção ou trabalho.
      Outro detalhe: A Bomba elétrica não acusa erros no aparelho, aparecem erros de pressão de combustível, sensor do rail e outros, menos a bomba, porque ela é uma peça mecânica controlada por um rele principal, este sim acusa no sistema eletrônico.
      Gil, estes são dados técnicos que recebo, cursos que participo, e pepinos como estes e outros que pegamos diariamente.
      Estas informações talvez esteja correta para você, mas para o seu mecânico ou eletricista poderão ser contestadas, mas foi através de seu relato que cheguei as esses dados.
      Agora é com você.
      Abraços.

    2. Bom dia amigo Edson,

      Obrigado pela informação, eu também concordo com a sua intuição, e vou coloca-lá em pratica, depois lhe darei informação do resultado.

  7. caro amigo comprei uma s10 2012/2013 ja fez recal trocanco molas cabeçote e anti chama e nada caminhonete parar de dar defeito ela fica falhando sem força e tremendo muito ta na consecionaria na garantia e nada de achar o defeito,o fabricante so fica passando intruçoes a serem feita e nada de resolver, ja estou sem esperança acho que vai ter de trocar ate o motor vc tem algum conhecimento deste defeito ela so rodou 22000mil km 534 horas de funcionamento o motor essa peguei rabo de fuguete

    1. Amigo Viieira,
      Deste ano ainda não pegamos com defeitos e nem com este tipo de defeito. Como ela é lançamento recente não temos ainda suporte e nem nosso aparelho é atualizado para este ano.
      Mas o defeito deve de ser muito mesmo cabeludo, pois nem concessionária está dando jeito!
      Eu arriscaria alguns palpites: Sistema do monitoramento da injeção (central), alternador, bateria, e até sistema de ABS ou então algum tipo de pane de fábrica, este somente a fábrica descobre!
      Abraços.

  8. boa noite amigo gostaria em primeiro lugar de parabenizá-los por este interessante blog; Bom meu problema é bem parecido com os demais pois tenho uma s10 2.8 diesel ano 2010/2011 estava indo para roça onde de repente ela parou como se estivesse acabado o combustível dávamos a partida nela mas pegava e morria logo em seguida já esta na mão do 2º mecânico que até o momento não encontrou o problema já testou os sensores de temperatura de pressão de rotação e nada o diesel esta chegando até os bicos injetores mas ela não firma pega e morre vcs teriam alguma sugestão? desde já agradeço pela colaboração de todos .
    obs: ela estava funcionando perfeitamente parou de vez e não funcionou mais ..

    1. Verifique rele principal da bomba de combustível do tanque e até mesmo a bomba alimentadora que vai no tanque.
      Caso estiver ok, pode ser problemas na bomba de alta pressão, regulador de pressão da bomba de alta ou até algum bico injetor com retorno muito alto de combustível.
      Ou simplesmente problemas com os filtros de combustível, existe muito filtro ruim que não se adapta a esta caminhonete. Tenho visto muita troca de peças cara neste veiculo por conta de um filtro de procedências duvidosa.
      abraços.

  9. Boa noite Edson, tenho uma S-10 2011 ela apresentou um problema, dar solo mas não pega já troquei o rele da bomba de combustível e nada as vezes ela pega e outra não o que devo fazer.

  10. ola!! minha s10 vinha piscando a luz de anomalia da injeção eletronica, e quando a luz piscava o motor perdia força, porém numa viagem que fiz recentemente , a luz não só piscou como também o motor apagou em plena rodovia a + ou – 80 km/h e baixa rotação, isso por duas vezes nessa viagem. Rodei a chave novamente e ela pegou sem problemas porem a luz de anomalia ficou acessa, encostei num eletrecista e ele passando o raster , apontou uma “falha na valvula de pressão do combustivel” perguntei a ele o que era isso, ele me disse que ” poderia ser varias coisas”. A bomba eletrica de combustivel, o filtro de ar e combustivel também foram trocados recentemente , o tanque que estava bem sujinho , quando troquei a bomba , foi limpado, o problema persiste. Aguardo sua opiniao cara colega. Abraços!!

    1. Joel,
      O problema pode ser sistema de turbo, se a turbina gerar pressão além do recomendado pelo sistema ou menos o sistema de combustível é cortado, também pode ser bomba alimentadora, rele principal ou também pode ser problemas com bicos injetores.

  11. Boa noite estou com um problema em uma S10 2008 diesel eletronica e a mesma não funciona , não chega circuito cinza da bomba de baixa os 12vdc.O relé já foi trocado e nada. Continuidade do chicote tambem ok.Poderia me oreientar nessa tentaviva de solucionar este problema ?

    1. Geraldo,
      Eu poderia afirmar a você diretamente para trocar o sensor de rotação e também o de PMS, mas não sei exatamente qual o motivo do motor de sua caminhonete não pegar!!!
      Primeiro você deve rastrear o sistema de injeção, para ter em mãos os defeitos apresentados, para depois seguir com o diagnóstico.
      Neste caso de não pegar na partida o motor, é um caso difícil de solucionar, vários testes deve ser feito para chegar a uma solução, principalmente quando o defeito é circuito elétrico. As vezes um fio rompido demora horas para ser descoberto, quando se descobre!
      Também você deve dispor de um esquema elétrico para através dele seguir as linhas, principalmente este do circuito cinza. Para onde ele vai, de onde vem por onde ele passa, se é direto, se há rele, fusíveis, se passa por atuador, sensor, etc. Verificar aterramentos de toda a caminhonete, um único terra rompido já deixa circuitos ausentes.
      Também existe uma grande possibilidade de ser defeito mecânico, por exemplo: Junta do cabeçote queimada, falta de compressão em um ou outro cilindro, bicos injetores com retorno muito alto, turbo compressor, e outros.
      abraços.

  12. Primeiramente gostaria de agradecer a atenção e a aguilidade na resposta, muito obrigado.
    Agora a questão é a seguinte ! Depois de refazer todo circuito de instalação de um alarme a caminhonete passou a funcionar normalmente ou seja a bomba de baixa voltou a funcionar.Lembrando que já havia retirado a mesma e testado fora do veículo e mesma funcionou como deveria, andei muito com o veículo e nada de cortar o combustível , um dia depois passou a dar o defeito da bomba de baixa parar de funcionar o defeito é intermitente.
    Retirei o alarme ela funcionou alguns segundos e apagou .

    1. Geraldo,
      Só para você ter uma ideia e ficar por dentro do assunto:
      Os condutores que emitem sinais elétricos para a central, para os sensores, e atuadores, não tem emendadas todos vão direto ao seu destino, não há ponte entre um fio e outro, eles vão e voltam unicamente destinado para qual foram instalados. E todos eles depende da massa (terra), para se comunicarem!
      Pede para o seu eletricista ou mecânico examinar detalhadamente o chicote elétrico novamente, porque há fio quebrado, em curto, ou com ligações que não é permitido pelo sistema.
      Isto acontece devido a ligações feitas onde não se deve fazer. Qualquer equipamento ligado em carro com injeção eletrônica, deve de ser ligado direto da bateria, criando assim um chicote individual com as devidas proteções, ou então ligar ao sistema original que vem no veiculo. Use o diagrama elétrico do veiculo como guia.
      Qualquer ligação no chicote elétrico do sistema de injeção, irá interferir diretamente na central do veiculo, e esta central só reconhece dados que foram a ela codificados, se entrar dados desconhecidos e este estiver ligado por exemplo a um sensor ou atuador, a mesma vai interpretar que está havendo anomalia, pois está existindo de uma forma ou de outra sinais duplos. Na duvida a central interpreta como avaria e como ela é programada para um funcionamento perfeito do sistema e também age como protetora do sistema ela broqueia todo o sistema, para poupar o sistema e o motor. Vamos supor que este alarme está ligado em fio relacionado ao regulador de pressão da bomba de alta, funcionando ela vai aceitar o sinal, porque o alarme estará desligado, mas após parar e acionar o alarme ela também receberá um sinal como se fosse o regulador, mas acontece que a corrente recebida é baixa ou alta, fora dos padrões codificado a ela, além disso a central procurará saber de outros sensores se este sinal é verdadeiro. Ela quer saber se o motor está em funcionamento, pois está recebendo sinal da bomba de alta pressão! Apos rastrear em segundos todo o sistema entenderá que este sinal é uma fraude. O que ela faz então? Broqueia o sistema e acusa erros que não existem realmente, mas que foram colocados de alguma forma. Este pode ser o motivo por exemplo de estar dando erros pertinente Geraldo.
      Geraldo, estas panes são complicadas de descobrir, porque são defeitos colocados e geram inúmeros erros que na verdade não são erros e sim proteção do sistema pela central, faz se de tudo, troca sensores, atuadores, bomba de alta, tubo rail e até a central e o carro continua do mesmo jeito. O que fazer então? descobrir a causa, somente agindo assim é que é possível fazer o diagnóstico e resolver o problema. Isto leva tempo, muita paciência e conhecimento.
      Abraços.

  13. Caro Edvaldo…
    Tenho uma S10 2006 eletrônica, que após rodar 200 km e ao mudar tração, ela rodou mais uns 300 mtrs e apagou, dei partidas e ela pegou e rodou mais uns 800 mtrs e quando novamente mudei a tração ela apagou e não mais pegou… o motor roda normalmente ao dar partida… mas nada de pegar… O que você sugere que possa ser? Qual solução?
    Peço sua colaboração, antecipadamente agradeço.

    1. Leo,
      Sugiro que você leve a uma oficina especializada e pedir para o reparador técnico rastrear primeiro o sistema de injeção para ver quais problemas foram gravados pela central do veiculo. Corrigir estes erros e funcionar a caminhonete. Feito isto pede para ele rastrear também o sistema de transmissão, para ver qual erro surgiu. Apague todos os erros (passado, presente).
      Feito isto pede ou vai junto com o reparador e com o aparelho ligado acompanhar a leitura do sistema em funcionamento, depois tente traçar a mesma se apagar novamente o motor, o técnico deve rastrear imediatamente o sistema de injeção e transmissão, os primeiros códigos de erros são os responsáveis pelo defeito, porem pode ser do sistema de injeção para a transmissão, como também pode ser o inverso. Geralmente estas panes é por conta de defeito de aterramentos ou mal contato.
      Abraços.

  14. Edvaldo.
    Quando o guincho e ao apanhar o veículo e leva-lo para casa, não havia oficina aberta, reparei um conector de cor laranja solto e pendendo na parte de baixo do motor… será que não e este o problema? E este conector, de acordo com sua cor é ligado onde?

  15. Boa tarde amigos.
    Tive um problema ontem com minha S10 2.8. Fiz 200 km com ela em perfeito funcionamento e quando parei em uma sinaleira apagou e não ligou mais. Alguém possui alguma dica de teste. Chamei hj um eletricista que descartou problema de alarme. Tirei a mangueira do filtro e dei partida. Não saiu combustível. verifiquei cx de fusíveis do motor e do lado do painel do motorista. tudo ok. pesquisei e parece que existe ainda variáveis como solenoide da bomba, fusíveis de outra caixa, bomba de baixa, etc. Gostaria de alguma dica dos Srs. para que se coisa simples, possa fazer pessoalmente e caso tenha de levar a um mecânico, pelo não caia em qualquer conversa ou troque peças desnecessariamente? Desde já agradeço.
    Marlon

    1. Marlon,
      Se não vem combustível para alimentar a bomba de alta e todo o sistema, não resta duvida que a bomba de baixa que vai no tanque queimou. Leve em uma oficina especializada para diagnóstico.
      Abraços.

  16. meu amigo eu tenho uma s10 2009 2010 diesel vc podia me ajuda nessa ela anda narmalmente na rua mais quando eu vou pra estrada com ela eu so passo raiva quando vc acelera que ele atinge os 90 km hrs ele perde a força ai acende a luz da injeção air eu tenho de para e desligar ela pra ela voltar ao normal mais quando eu acelero acontece a mesma coisa eu ja tou cansado de levar para o mecanico se vc me ajudar eu fico muito geato

    1. Gilmar,
      A sua caminhonete está com problemas no turbo compressor. Leve novamente no mecânico, mas dessa vez em uma concessionária, lá eles vão regular o westgate do turbo com auxilio do aparelho, se estiver tudo ok com a turbina e o conjunto, sua caminhonete vai ficar show.
      Abraços.

  17. Bom dia Amigo,

    tenho uma S-10 2008 Flex , a dois meses começou a ficar sem força e falhar fui no mecânico e falou que era a boia troquei rodei dois dias normal e começou a falhar voltei mandou trocar Cabo, Vela, fazer a limpeza dos bicos e trocar o Kit de embreagem fiz tudo isso e continua com problema principalmente quanto passo a marcha para 4º e 5º perde a força fui no eletricista colocaram o aparelho mais não foi detectado nada vc pode me ajudar

    1. Rosa,
      O problema aparentemente segundo o seu relato é no cabeçote do motor, junta queimada, válvulas presas, empenadas, enfim no cabeçote.
      Abraços.

  18. grande ed talves vc me ajude ,tenho uma s10 2010 execut. a diesel,fiz uma viajem e derrepente numa ultrapassagem o carro simplesmente morreu ,e acendeu luz de injeçao e abs,rapidamente girei a chave de igniçao e dei a partida e o carro pegou ,ai sempre e eu atingia os 140 km isso ocorria ,ai depois fiz outra viajem e o mesmo so ocorreu uma vez,ai beleza parou de apagar,so que agora quando eu acelero e piso um pouco fundo o mesmo esta acontecendo,ou seja apaga ,ai eu giro a chave de igniçao e ele pega normalmente ,mas apaga quando faço o mesmo,estou desconfiado do corta corrente que veio nela quando a comprei,sera q tem fundamento,ou o que pode ser ed?

    1. Adeildo,
      Primeiro você terá que levar sua caminhonete em uma oficina especializada ou autorizada e rastrear o sistema de injeção, anotar os erros ocorridos e depois rastrear o sistema de freios ABS e também anotar os erros. Depois fazer um cruzamentos de informações para chegar a uma conclusão da pane que ocorreu e vem ocorrendo.
      Estes defeitos acontece muito quando da troca de pastilhas de freios ou rolamentos de rodas, no caso o sistema ABS se não estiver recebendo informações corretamente pode influenciar no funcionamento do veiculo. Mas também pode acontecer de estar com pane no sistema de injeção e ABS por um simples aterramento ausente, solto ou rompido nas centrais ou pontos espalhados por toda a carroceria, motor, cambio, etc. Também pode haver fios rompidos, terminais com mal contatos, freios ABS não cruzados corretamente suas ligações e outros. Também poderá ser problemas de temperatura do motor ou do óleo diesel. Todos estas panes estão registradas na memoria da central do veiculo. Toda vez que da pane, você liga a chave a caminhonete funciona, mas o defeito permanece gravado no passado, quando o motor apaga novamente fica registrado o defeito no presente e assim sucessivamente até ser sanado o defeito definitivamente.
      Os defeitos serão muitos os gravados, mas somente um ou dois serão o causador de todos os problemas, por isso fique atento e não troque nenhuma peça antes de descobrir o defeito, por que poderá danificá-la e ainda não resolver o problema e uma vez usada o acessório não aceitará devolução.

    2. ok,valeu pelas dicas ,realmente eu troquei o rolamento diant.esquerdo,vou verificar,obg. pelas dicas depois digo o que aconteceu,ok?

  19. Tenho uma s10, diesel, motor 2.8 mwm sprint, ano 2003. Ela foi comprada em um leilão e veio com n problemas de funcionamento, resolvemos praticamente todos. O mais problemático foi que não trocamos o filtro de óleo diesel e todo dia era a tal entrada de ar. Tira ar, dá partida e ela pegava. Parava por alguns minutos e voltava o problema. O mesmo foi resolvido simplesmente se trocando o filtro de óleo combustível.
    Já outro problema que está ocorrendo não sei identificar. O indicador de pressão de óleo, no painel, embaixo do lado esquerdo, quando a s10 está em velocidade varia muito. De repente está marcando normal, aí sob até o máximo e cai para a faixa vermelha e fica lá um bom tempo, depois começa de novo. Preocupo em ficar sem lubrificação e torrar o motor. Quais os passos ideais para se tentar resolver o problema. Obrigado. Meu email é abofilho@hotmail.com

    1. Antonio,
      Provavelmente este é um problema no relógio ou no painel de instrumentos. Neste tipo de painel todos os componentes são ligados a uma placa de circuitos e são todos aterrados, e também a maioria é controlado pela central do veiculo, pode ter acontecido de um dos filamentos onde está conectado este relógio da pressão do óleo ter se rompido (solda fria) tanto no positivo como no negativo (massa ou aterramento) (já ouviu falar de solda fria?) É quando algum ponto estanhado fica desprendido da placa! Gerando um mal contato que hora funciona perfeitamente e dependendo da situação de torção natural desta placa o mesmo hora não funciona. Complicado né Antonio? Mas é isto tecnicamente falando. Outra hipótese pode ser problemas no chicote do interruptor de óleo (fio quebrado por exemplo), ou algum fio encostando a massa em algum ponto do motor ou carroceria em seu trajeto. Também pode estar com problemas na bobina do relógio de pressão, no ponteiro, no próprio interruptor de óleo, no conector, na válvula do filtro de óleo, na válvula de alivio da bomba de óleo, no pescador do óleo, pode estar com o retorno do cárter trincado. Este retorno de óleo é tipo um tubo que atravessa o cárter internamente da frente do cárter onde é ligado uma conexão de retorno levando o óleo até a parte mais funda do próprio cárter.
      Um diagnóstico preciso Antonio é conectar na galeria principal do óleo lubrificante um manômetro de pressão de óleo e andar com o veiculo e observar o comportamento do ponteiro do manômetro, caso estiver especificamente dentro dos padrões de pressão tanto na lenta, aceleração e desaceleração, o problema pode estar no descrito acima, caso aconteça o mesmo sintoma com o manômetro ligado ao sistema então o problema é no motor.

    2. bom dia ed,no meu caso era a bomba de combustivel,troquei e ficou perfeito sem apagar e com muita força,um abraço.

  20. tenho uma frontier 2006 tdi 2.8, mais de dez partidas para funcionar pela manhã, depois que pega,fica nomal todo o dia,o problema se repete no dia sequinte.

    1. Fernando,
      Pode ser problemas de alimentação, mais provável retorno de óleo para o tanque deixando a bomba injetora vazia, isto acontece quando há problemas de vedação, furo em mangueiras, filtro sujo, pescador do tanque quebrado, bomba alimentadora, etc

  21. boa noite amigo comprei una s10 2002 fui testa em viaje ela deu um deufeito quando fui troca a macha ela deu um estalo e perdeu a força mais ficou ligada mais quando acelarava ele ficava fazer estalo no rumo da bomba. me ajude ja trouce dois mecanico um achou que era moto outro falou que era bomba, mais ela nao pega mais.

    1. João,
      A sua S10 é injeção mecânica ou eletrônica? Motor MWM sprint?
      Consulte um bombista, porque deve ter quebrado algo dentro da bomba injetora, caso for bomba injetora mecânica, geralmente quebra o avanço ou as paletas que há dentro do cabeçote da bomba.
      Se for eletrônica, somente com aparelho de injeção para descobrir.
      Abraços.

  22. Olá eu tenho uma S10 ano 2010 colina ela está apresentando falha ao acelerar parece que fica cortando corrente isso acontece quando preciso acelerar um pouco mais ela da umas engasgada e cai a velocidade ai eu tenho que reduzir para ela não ficar engasgando ja foi trocado a bomba de combustível o módulo e continua do mesmo jeito poderia me dar um auxilio do que podera ser este problema. muito obrigado.

    At,

    júlio.

    1. Julio,
      Talvez está com problemas no pedal do acelerador, existe nele um potenciômetro de variação, onde tem tipo uma pista deslizante e esta pista com o tempo desgasta em certos pontos. Também pode ser filtro de combustível, bombinha alimentadora, pescador do tanque, filtro de ar, turbo, etc.

  23. Olá,Boa noite !
    Tenho uma S10 2003 motor 2.8 turbo, e ela esta perdendo a força e quando paro ela um pouco inclinada,mesmo com meio tanque ela da entrada de ar. Podes me ajudar??

    1. Simone,
      Leva a sua caminhonete em uma oficina especializada e pede para ver o sistema de alimentação desde o tanque. Pode ter: quebrado o pescador do tanque, furado alguma mangueira de alimentação, pode ter danificado a bomba alimentadora, etc. A caminhonete perde força e entra ar porque falta combustível no sistema por interrupção do ciclo, por estar com filtro sujo ou danificado (mesmo novo), pode apresentar estes defeitos.
      Abraços.

  24. Boa Noite!

    Edson,

    Meu nome é Ana Louise, sou de Bauru SP.

    E num ato desesperador de tentar achar uma solução pro meu problema fiz uma busca no GOOGLE, aonde te “encontrei”.

    Lí sobre um artigo que foi postado no seu BLOG sobre uma S10 que cortava combustível etc e tal……

    Me identifiquei com o problema, pois tenho uma L200 Triton 3.2 CR HPE DIESEL 2008 automática.

    Quando ela está em movimento (percebo na maioria das vezes em baixa rotação) ela corta o combustível e perde aceleração, ou seja o desempenho cai drasticamente.

    Só que isso é aleatório tem vezes que ela passa dias sem dar esse problema e tem vezes que fica impossível andar com ela, o fato é que cada vez que isso acontece, basta eu parar desligar e ligar novamente o motor que ela volta com força total, mas o problema volta á acontecer…

    Lendo o seu artigo, ví que vários testes parecidos com aqueles da S10 também foram feitos na minha Triton , trocaram um relê (não sei de qual parte do veículo, mas o mecânico disse que esse relê estava com mal contato pois ele armava e desarmava cada vez que eu desligava a Triton por isso ela voltava a funcionar)e o problema continua, foi trocado bomba de combustível, filtro de combustível, válvula EGR, e o problema continua……

    Já a levei em vários mecânicos, eletricistas e até mesmo na própria Mitsubishi, só que querem me “arrancar os olhos”….agora a Mitsubishi disse que pode ser os bicos, e só saberão se trocar, e eu teria de pagar para ver literalmente.

    Levantaram também a hipótese de ser bomba injetora….mas tudo eu tenho que pagar literalmente para ver se são esses os defeitos……

    Te peço encarecidamente um apelo, me ajude a descobrir o quê a minha caminhonete tem, gostaria de saber se você tem oficina e aonde fica eu a levo até você para uma análise, seria possível?

    Desde já agradeço e aguardo seu retorno.

    Att,

    Ana Louise Carvalho Fonseca

    1. Ana,
      Estive lendo o seu comentário e gostaria de saber de você se a luz da injeção de sua caminhonete acende quando acontece esta falta de alimentação, e também se a caminhonete continua a andar em velocidade limitada, sem aceleração! Também gostaria de saber se o sistema de injeção da caminhonete foi rastreada com aparelho de injeção, e quais foram os defeitos (códigos de erros apresentados), por estes códigos é meio caminho andado para descobrir o defeito. Bomba injetora, bicos injetores são peças muito cara, o mecânico tem que saber exatamente através do diagnóstico se é mesmo bicos e bomba injetora. Trocar estas peças nem sempre resolve o problema, porque o defeito pode estar ligado a eles, mas não é exatamente a peça em si e sim pode ser apenas um sensor, um atuador, um solenoide, um rele, o turbo, etc. Por falar em rele ele funciona assim mesmo arma quando da partida e desarma quando afoga na partida, procedimento normal do rele.
      Vou te dar uma dica talvez funcione: Quando ela apresentar este defeito novamente e perder aceleração, você encosta o carro, não afoga o motor e nem da partida novamente. Abra o capô e vai até a mangueira do intercooler. Este radiador de alumínio que fica em cima do motor, aperte as mangueiras e veja se estão sem pressão (mole), se estiver, afogue a caminhonete, de partida novamente e faça o mesmo procedimento só que agora acelere o motor e veja se as mangueiras infla, se encher as mangueira ficar (dura), o problema então estará no sistema de turbo da caminhonete ou então nos solenoides que controla o vácuo estes dois que ficam em baixo do corpo da borboleta. Este vácuo aciona o westgate (peça importantíssima do sistema de turbo), a válvula EGR, o corpo da borboleta. As vezes estes pequenos tubos por onde circula o ar do vácuo entope e da estes problemas, nem no aparelho de injeção é apresentado falha. Aí trocam desnecessariamente: bicos, bomba de alta, atuadores, turbina, o eletricista fica pirado, o mecânico ainda mais, e dono sempre de a pé.

A sua dúvida, opinião e cometários é muito importante para todos os leitores. Agindo assim ajudaremos a todos!