Os anéis dos pistões giram ou não?

Afinal os anéis trabalham girando ou não nas canaletas dos pistões?

Para muitos mecânicos não, para a minoria sim!

Sim! Giram nas canaletas dos pistões dentro dos cilindros do motor quando em trabalho, porque todas as partes móveis do motor trabalham, ou seja, giram ou vai e vem em cursos determinados.

Todos sabem que o pistão tem movimento vertical, quando o motor está em linha (a maioria), perpendicular como nos motores em “V” e na horizontal quando o motor trabalha deitado. Exemplo: Volvo N12 em ônibus ou Volkswagen a ar (fusca, Kombi).

Estes pistões trabalham em dois sentidos em um pequeno espaço dentro do cilindro denominado pelo nome de “curso do pistão”, eles são fixados no olho da biela através de um pino fixo ao centro do mesmo e num movimento de vai e vem hora no PMS (ponto morto superior) e outra no PMI (ponto morto inferior). Este processo é necessário para que gere energia e movimente os componentes moveis do motor.

Para que gere esta energia, existem no sistema do motor quatro fases, que são os tempos motores: Admissão, compressão, explosão e escape.

Vejam o artigo: Motores a quatro tempos

O pistão é o responsável direto por todos os movimentos destes tempos dentro do motor, é ele quem admite o ar/combustível (ciclo Otto) ou AR (ciclo Diesel), comprimi este ar ou ar/combustível, recebe a explosão (que é uma pancada violenta em sua cabeça), depois empurra expandindo todo o processo desta queima que foi gerado dentro do cilindro para a descarga (escape). Todos estes processos funcionam perfeitamente sincronizados e com vedações perfeitas.

Vedação da compressão, dissipação de calor e vedação do óleo do cárter

Estas funções são feitas pelos anéis de segmentos colocados nos pistões do motor.

Vejam o artigo: A Função dos Pistões no Motor

Como?

Os pistões são fabricados em liga de alumínio (alguns com materiais diferenciados), e na parte superior do pistão foram criadas canaletas e nelas é que são inseridos os anéis de segmentos.

Pois bem, Os anéis de segmentos que são três: compressão, raspador e de óleo. São usados na maioria dos motores ciclo diesel ou Otto atuais.

São fabricados em materiais de aço e tratado conforme a localidade que vão trabalhar no motor, por exemplo: o anel de compressão é fabricado em aço revestido de cromo e tem formas diferenciadas dos demais, pois é ele quem recebe a maior quantidade de calor no motor. Desenvolve também a função de vedação de toda a compressão do motor e também tem a função da quebra de carvão e como os demais dissipam a caloria do cilindro, para o liquido de arrefecimento do motor.

Veja o artigo: Tecnologia dos anéis de motores

Depois temos o segundo anel denominado por raspador: este anel tem a função de raspar parte do óleo que sobe junto com o pistão para a lubrificação do cilindro do motor.

O terceiro é o anel de óleo: este anel em muitos motores são montados em um conjunto de três anéis ou dois anéis e tem a função de vedar o óleo do cárter, para que não passe em excesso para a câmara de combustão do motor.

Nos que tem três anéis são na verdade duas laminas de aço flexível e uma mola de expansão com trilha onde trabalham os anéis flexíveis. Nos de dois anéis existem um anel inteiriço e uma mola de expansão trabalhando internamente no centro deste anel.

Todos estes anéis são rigorosamente testados e com medidas precisas a cada denominação da medida do pistão e cilindros. Todos vêm embalados separadamente e numerados para serem colocados em suas determinadas canaletas no pistão e identificação do TOP (posição que deverá ser montados no pistão para cima).

Como mencionado acima os anéis são responsáveis pela:

  • Compressão do motor;
  • Vedação desta compressão;
  • Vedação do óleo para a câmara de combustão;
  • Dissipador de calor.

Os anéis nos motores, ao contraria do que pensam trabalham em movimentos rotativos, ou seja:

Eles trabalham girando dentro do cilindro do motor e respectivamente em suas canaletas. Isto acontece devido ao fato do movimento do pistão exercer força centrifuga. Isto faz com que qualquer corpo livre em um determinado vai e vem tende-se a movimentar.

Entendam este processo

O pistão sobe comprimindo os anéis contra a parede do cilindro, onde existe um sistema de raios trançados a 120° Graus, conhecido como: Brunimentos.

Os anéis tende a rodar por causa deste brunimento e da força submetida a eles, como se fosse uma rosca sem fim!

Quando o mesmo desce, a carga é ainda maior, mas uma vez os anéis giram por causa da força que recebeu.

Muitos dizem que os anéis alinharam-se!

Porque que isto ocorre?

Na maioria dos casos são riscos de ângulo reto criados pelos próprios anéis dentro do cilindro, isto ocorre devido a alto índice de carbonização na cabeça do pistão. Como este carvão é um material muito duro e se ele soltar qualquer grão abrasivo, com certeza fará um risco reto e profundo dentro do cilindro. Neste caso as pontas dos anéis tende a enroscar neste ponto e parar o seu movimento, um por um irá parar neste ponto criando o alinhamento dos anéis e respectivamente o consumo de óleo.

Este fator ira aumentar e gerar um desgaste muito maior nos cilindros onde houver o alinhamento dos anéis, pois os mesmos trabalharam parados em suas canaletas, e em curto tempo irão travar-se nas canaletas do pistão.

Criará então: ovalização generalizada e buracos localizados nas partes superior e inferior do cilindro, pois, os pistões são ligeiramente excêntricos. Vários serão os fatores gerados por este problema de alinhamento e travamento dos anéis. São eles:

  • Consumo excessivo de óleo do motor;
  • Batidas dentro do motor (saia do pistão);
  • Engripamentos por fadiga dos anéis;
  • Rompimentos do filme de óleo nas paredes dos cilindros, gerando Superaquecimentos;
  • Espelhamento dos cilindros por haver muito carvão na cabeça do pistão;
  • Perca de potencia do motor, pois os anéis já não tem o mesmo desempenho por não estar trabalhado como deveria;
  • Aquecimento maior será gerado no motor;
  • Dificuldade na partida;
  • Consumo maior de combustível;
  • Contaminação do óleo do motor;
  • Perca de compressão;
  • Quebra das canaletas dos anéis;
  • Folgas excessivas nas buchas de bielas ou alojamentos dos pinos no pistão;
  • Carbonização e outros problemas relacionados.

Vejam o artigo: Carbonização – Vilã do Motor

Quando ocorre estes ou algum destes problemas, costumam trocar os anéis do motor.

Mas será que uma simples troca de anéis resolverá estes problemas?

Não resolve!

O que resolve mesmo é a retifica completa do motor, pois o mesmo sofre muitos desgastes.

Vejam o artigo: Retifica do motor, quais os passos?

Engana-se, que somente os cilindros é que estão desgastados que um brunimento artesanal e uma simples troca de anéis serão suficientes para resolver todos os problemas.

Os riscos, os buracos, as ovalizações, desgaste do diâmetro dos cilindros, dos pistões, buchas de bielas, bronzinamentos continuarão e o risco de não funcionar é alto, sem contar que há custos e tempo.

Faça os serviços como pede em um motor. Para que fazer serviços duvidosos, quando se pode fazer o correto!


Conheça também os manuais técnicos:

MTCOManual técnico de Corte de Óleo

MTRMFManual técnico da Retifica Motor do Fusca


Gostou do artigo?

Deixe aqui o seus Comentários a sua Opinião, Compartilhe!

Siga me também no Twitter Facebook Linkedin Google+

Ou então Assine a Newsletter de Mecânica Solique e receba as novidades do blog em seu E-mail.


Olá, Seja Bem-Vindo ao Blog Mecânica Solique Atualmente exerço a profissão de Retificador de Motores na linha diesel, álcool e gasolina. Na profissão de Reparador "Ter conhecimentos e dedicação todos os dias, é que nos tornam profissionais em qualquer área, aprendendo todos os dias a ser melhor que ontem".

49 Comentários

  1. vicente disse:

    Ola Edvaldo muito bom seu post gostaria de deixar o seguinte que um bom diagnostico ainda e a maior prevenção e saber o principio de funcionamento do sistema parabens pela materia…./

  2. Antonio Reis Dourado disse:

    Retifiquei o motor do meu caminhão 8-150 Delivery (MWM sprint) e apareceu um vazamento no retentor da bomba de óleo. Foi subistituido a bomba de oleo, o retentor e a pista deslizante do retentor e persiste o vazamento. O que fazer?

    • Olá Antonio, obrigado pelo seu comentário e visita.

      Antonio, primeiro você coloca a pista do retentor na polia e por dentro da pista passe uma cola travante, e prense a mesma na polia do virabrequim, as vezes nesta pista vem um anel de borracha para que seja feita a vedação do óleo. A maioria dos vazamentos no retentor da bomba de óleo, não é no retentor e sim entre a pista e o virabrequim, este óleo sai por de trás da pista, por este motivo é que há um anel de vedação, se não tiver o anel, uma cola capaz de vedar óleo é o suficiente. Recomendo uma cola luctite (travante).
      O retentor na bomba de óleo tem que ser colocado com uma ferramenta especial, caso você não tenha coloque o mesmo na bomba e vai experimentando a polia tomando o cuidado que a mesmo depois de instalada não esfregue nunca na face do retentor. verifique também se a bomba de óleo nova que já vem com o retentor ou sem ele, há um espaço para que o óleo retorne para dentro do cárter, se for completamente liza ou sem encosto do retentor, por favor troque por outra marca, pois saiu um lote de bomba de óleo sem qualidade. Descobri este erro, passei para a MWM eles não quiseram assumir o erro, mas por muito insistir reveram e foram constatado falsificação, ou erro de fabricação. Ainda bem, que foi descoberto a tempo! Troquei 3 bombas de óleo em seguida por que não parava o retentor na bomba, então fiquei desconfiado da mesma, analisando as novas bombas com uma original descobrimos que a mesma não tinha o canal de retorno, fizemos o canal de retorno em uma das bombas e acabaram se os problemas. Enviamos para a MWM, como disse e deu o que fazer para eles assumir o erro! Mas ainda continuaram a ter pequenos vazamentos e um novo erro descoberto, vazava entre a pista e o virabrequim da polia, novamente reclamamos e novas providências foram tomadas. Olha são vários os erros, mas o sigilo devem prevalecer, até que nos emitem um relatório ou um boletim técnico.
      Abraços e espero ter atendido as suas duvidas.

  3. josé luiz disse:

    ola Edivaldo estou com o mesmo problema em um motor mwm x10 aquecimento, ele esta em um caminhão 15-180 vw 2003 truck só anda em pista , já troque a embreagem viscosa, junta compressor de ar mandei plainar os cabeçotes, o radiador já foi limpo,até que dia 28/12/2013 bateu, ao desmontar o mecanico viu que a bronzina da biéla tinha virado junto, agora vou fazer uma retifica mas ainda estou preocupado, não sou mecanica mas sera que seu travasse essa elice teria problema??, outra este anel de vedação ou altura que voce mencionou que é especial mwm pode ser comprado em qualquer auto peças , voce tem algum macete que eu possa comentar com meu mecanico para nós asuar na montagem enfim conselhos não to aguentando mais obriga e um bom 2013

    • José Luiz, obrigado por seu comentários.

      O conselho que dou para você e seu mecânico é o seguinte:
      Faça a retifica do motor como pede as especificações originais e use peças originais MWM! Na hora de montar use dos mesmos procedimentos: Monte conforme pede as especificações originais. Melhor dizendo: Deixe o seu motor original! É caro fazer assim? É, mas acaba a dor de cabeça e você no final economiza dinheiro. Leve a uma retifica profissional, eles seguem os padrões de fábrica, além de terem suportes.
      Montar este motor é muito simples José, o complicado é os procedimentos de retifica, este motor tem que seguir as geometrias a risca, ou então não fica bom.
      Este motor pelo seu comentário deu para perceber que a face do bloco e cabeçotes estão comprometidos a vedação, a MWM não permite plainar nem o bloco e nem o cabeçote, porém, trocar ambos não é viável a não ser que você possa fazer isto, caso contrário terá mesmo que ser retificado e ajustar todas as medidas padrões. (altura de cabeçote, pistões, sincronismos, etc.). Outras peças que terá que ser observada minuciosamente é o virabrequim e a biela que deu problema, pois a bronzina rodou no alojamento e isto faz com que prejudique ambos. Fique atento!
      Abraços.

      Caso precise José Baixe aqui mesmo no blog a apostila técnica deste motor, e siga o que pede.

  4. ADERSON disse:

    o motor é um at 1.0 8v, quando retirei o filtro de ar notei que havia na borboleta um pouco de óleo, isto é comum. se não for o que ocorre com o motor?

    • O motor de seu carro provavelmente está com problemas de vedação dos anéis dos pistões e cilindros, retentor de válvulas. Por isso além de suspirar, joga óleo e este óleo vai até o corpo de borboleta, por que a mangueira do suspiro é ligada junto com o purificador.

      O correto é pedir para o seu mecânico um diagnóstico com maior precisão.

      Abraços e obrigado por sua visita.

  5. Parabéns pelo artigo !

    a anos venho dizendo isso aos aplicadores ……..

    Sérgio Bezzan
    Consultor Técnico – KSPG Automotive

  6. Jorge disse:

    Parabéns EdSolique!

    Muito bom seu blog, desmistifica a mecânica e ainda a gente aprende o que é certo!

    Já está favoritado no meu PC, e vou indicar aos colegas!

  7. Fabio Barreto disse:

    ola edvaldo eu tenho um motor ap 1.8 e ele ta saido muita fumaca do ante chama tampa de valvula e na vareta do oleo e perdendo pressao , ja min diseram q e aeis de segmento ,e as valvulas batem pra caramba e perde pressao qiando esta na quinta macha . o q devo fase qual o conselho q vc min daria ? desde ja obrigado

    • EdSolique disse:

      Fabio,
      Eu recomendo que você faça a retifica completa de seu motor, trocar anéis não resolverá o seu problema. Agora depende de você!
      Abraços.

  8. Alex de Souza Ribeiro disse:

    Bom Dia!
    Primeiramente parabéns pelo otimo pagina, é dificilde achar algo que se pode confiar hoje em dia na net e pelo que notei o seu trabalho é um dos poucos confiaveis.
    Tenho um corolla 2005 XEI AT com 106.000km não fuma, n baixa agua, não aquece, nada de anormal a não ser o consumo de combustivel comparado a outros carros iguais e ao consumo de oléo que é de até 2 litros a cada 5000km que é quando faço a troca de óleo, já abri a tampa de valvulas para conferir conto a borra e estava tudo limpinho, tirei a valvula vvti e o filtro da mesma e tudo limpinho, a valvula anti chamas muito pouco suja mas mesmo assim limpei,e tambem n há nenhum vazamento no motor e o escape apenas carvão seco, o oléo que uso é o bardal 10w40 semi sintético,unica coisa que ainda não fiz foi a descarbonização da camara de combustão mas tambem n sei se tem algo a ver principalmente quanto ao consumo de oléo, por favor peço sua ajuda me dando dicas pois moro em uma cidade de apenas 4000 habitantes e mecanico bom mesmo nenhum e ainda mais se tratando de um toyota, obs:tudo que posso eu mesmo faço, mesmo não sendo um Mecanico.
    Peço suas dicas por favor.

    • EdSolique disse:

      Alex,
      O consumo de óleo está dentro do padrão de um carro após ter rodado 106.000 quilômetros; quanto ao consumo de combustível depende do estado do motor quanto a sua compressão e de como você utiliza o carro, exemplo: dentro da cidade ele fará uma média, na estrada outra! Geralmente carro com motor 16 válvulas só faz média de consumo em rodovias, porque recebe rotação maior, o desempenho também é outro, o consumo de óleo fica bem menor e a carbonização do motor quase zero.
      Você disse que o carro não fuma e também não tem vazamentos. Agora te pergunto: para onde está indo estes 2 litros de óleo do cárter do motor?
      Siga o meu raciocínio Alex: O motor é uma máquina térmica, que precisa constantemente de lubrificação e arrefecimento, correto? Então é natural que o óleo e o liquido de arrefecimento baixe, pois há uma condensação, perca de seus fluídos, por vazamentos por menor que seja, pela queima do combustível, etc, Também não podemos esquecer que a maioria dos carros modernos são equipados com catalizadores que inibe muitas vezes a fumaça por queima do óleo e, que hora ou outra irá ser danificado por excesso de óleo ou água.
      Abraços.

  9. guilherme disse:

    ola! tenho um fusca 1200 e ta vazando oleo nos cilindros 4 é em cima das capas de tucho um mecanico me falou q teria problema na compressao n vedando bem.. o que poderia ser? qualque ajuda agradeço!

    • EdSolique disse:

      Guilherme,
      Na base da camisa que vai na carcaça do motor tem uma junta de papel, e se está vazando óleo é porque esta junta foi danificada. Ou então tem alguma capa de tucho furada, ou a borracha cônica de um dos tuchos pode estar danificada. No radiador de óleo também existe borrachas de vedação que também poderá estar vazando por elas.Também a possibilidade de haver algum trinco na carcaça nesta região. Para uma clareza no diagnostico, lave bem o motor nesta área afetada, funcione o motor e verifique de onde vem o vazamento. Para afetar a compressão do motor, o cabeçote deve estar solto, nesta situação o motor fica tipo que batendo, escapando compressão.

  10. Lucio Costa disse:

    Bom dia guilherme. Estou com um astra 99 que ja abriu o motor 5 vezes com 2 mecanicos diferentes,já foi feito todo que se possa imaginar neste motor 2.0, e ele nao fica bom o defeito que apresenta é queimar oleo e quebra de aneis, por ultimo inventaram que esse ano de astra vieram com o segmento com medidas diferentes, foi trocado os aneis mais uma vez com a medida que achavam certo e mais uma vez apresentou o mesmo defeito. O cabecote ja foi feito até raio x, trocado sede de valvulas de aco retentores a melhor marca, guia de valvulas, pistões,mancais, as camisas são istanders medidas varias vezes, o eixo tambem, dizem estar novos, so falta trocar eixo e camisas o resto ja foi trocado varias vezes com pecas originais vc tem alguma ideia o que possa ser .

  11. claudio disse:

    ola! tenho um fiesta 1.6 2004 e fiz o cabeçote dele, depois de alguns meses o carro vem perdendo força. troquei cabo vela e bobina mais de nada adiantou. porém ta saindo óleo do motor para o filtro de ar. auguem sabe o que é!!!desde já agradeço.

  12. claudio disse:

    obrigado amigo!

  13. Alexandre disse:

    Olá! fiz a retifica completa do motor meu jeep é um BF 184 (maverick 6cc) em 2010 o motor está com apenas 3200 KM. mas começou a fumar novamente, será que são os anéis?

  14. jose disse:

    ola ,,e de engrandecer todo o mérito que o senhor tem e enaltecer todo o seu saber profissionalmente e o demais em ajudar quem precisam,,pessoas como o senhor merecem fortemente tudo de bom na vida,,o meu desde já obrigado,,eu tenho um volvo 850r antigo mas gosto muito,entao eu pedia ajuda para o seguinte problema eu quando chego na volta das 4000 a 4500 rotações o carro falha e não desenvolve mais fica sempre por ali,,mesmo com o carro em ponto netro qcelerando a fundo também engasga um bom bocado ,,tem algumas vezes que acelero ao fundo e vai sem problemas mas noutras vezes engasga muito,,obrgado pela ajua e pela sua atitude,,um bom haja,,

    • José muito, mas muito obrigado mesmo pelo seu comentário.
      Quanto ao seu problema, é bastante complicado resolver, porque necessita de testes e mais testes, horas de trabalhos, porque são problemas pertinentes, que vão e volta. Mas tem solução, basta descobrir a causa e se resolve rapidamente, o problema é como disse: descobrir a causa.

  15. ANDRE disse:

    Boa tarde tenho um sx 97 troquei a junta de cabeçote e os anéis mais de tem vez que ta saindo uma fumaça outro dia a noite saiu muita fumaça levei ao mecânico que fez o serviço e ele disse que é o combustível outra hora falou que é por causa do tempo frio.O que pode ser .obg

  16. yacer disse:

    ola,gostava de saber qual e a melhor marca de aneis de segmentos para o motor toyota 5A? e qual marca de capas de bielas me aconselham a usar?

    • A melhor marca de anéis são os originais Toyota.
      A outra pergunta não entendi ou então você quis dizer: bronzinas de bielas? Também deve ser original.

  17. Alex disse:

    Bom dia, por favor gostaria de uma orientação meu carro é um volvo xc 60 285cv 24 valvulas e o trocador de calor vazou oleo do cambio pra agua do radiador aquecendo o sitema e estourando um dos mangotes de agua, troquei o radiador do oleo, bomba dagua e limpei o sistema assim mesmo depois de uma semana o carro passou agua pro oleo queimando a junta do cabeçote que a retifica analisou e disse que o cabeçote teve um leve empeno mas que por ser de aluminio e não pegar corte não davam garantia, então comprei na internet, cabeçote novo, junta superior completa valvula termostatica nova e todos os mangotes de agua ta tudo comprado o motor aberto, problema foi que a oficina depois de eu comprar tudo me informou que os aneis de segmento e bronzina teriam que ser trocados mas que todo o resto esta em bom estado. Vasculhei em toda internet e não encontrei o jg de aneis a autorizada so vende o motor completo nao vende peças internas separadas encontrei no ebay um anuncio que estou ate com medo de não dar certo, o vendedor e da Lituânia esse jogo é novo, da marca mahle liguei pro sac deles e informaram que realmente não trazem pro brasil nem a referencia me passaram, vou arriscar comprar no ebay, mas ja gastei tudo que podia e agora me apavorei com sua observação de que não adianta trocar os aneis e as bronzinas estava confiando na oficina que disse que ficaria bom, será que vai ser tudo em vão ? se soubesse no começo teria comprado um motor semi novo mas agora gastei quase o valor de um motor semi novo pq quando começei achei que seria so junta do cabeçote depois passou pro cabeçote agora se for fazer a parte inferior não tenho onde conseguir as peças novas só usadas e não tenho mais condiçoes de comprar um motor o que eu faço?

  18. marcos roberto disse:

    marcos tenho sprinter motor maxion 2.5 ele ta rui para fuciona pela manha o mecanico disse q o motor ta baixa compresao mas ele so fica assim pela manha podi me ajuda?

  19. Jaison Silveira disse:

    Sou proprietário de um fiat stilo 1.8 16v 2003 e a 1 semana acusou avaria no sensor de pressão de óleo, então fui trocar o mesmo e saindo da oficina o prolema insistiu , deixei pra ver qual era e ontem 6 dias após vindo de um passeio com a família o painel acusou a seguinte ‘ min baixa pressão do óleo ‘ e a luz do óleo acendeu e disse para desligar o motor enfim chegando próximo a um posto verifiquei e não havia uma gota se quer no cárter. adicionei 2 litros e voltei pra casa. mecânico disse que pode ser anéis e tudo mais só que o problema do sensor de pressão ele disse que é assim mesmo, já não sei mais é o meu primeiro carro então pouco entendo de mecânica e gostaria de uma opinião !

    Obrigado desde já

    • Sensor ou interruptor de oleo não pode acender ou piscar em hipótese alguma quando o motor funcionar ou estiver andando com o carro, caso isto aconteça existe problemas no motor, alem do mais você mesmo disse não ter óleo no cárter do motor.

    • Jorge Johnny disse:

      Se trocou o sensor de pressão de óleo e o problema persistiu, então não era exatamente esse o problema; esse sensor verifica a pressão de óleo do sistema, quando essa pressão diminuir até certa pressão, o sensor acende e dá o alarme, essa pressão pode cair por dois motivos: bomba de óleo com defeito (solução óbvia trocar a bomba) e vazamento de óleo em algum ponto do sistema, se este último for o motivo da queda de pressão e conforme o mecânico disse, perda de óleo pelos aneis, então deve fumaçar muito quando acelera o motor, pois somente assim para queimar 2 litros de óleo!. Não acredito nesta situação, até porque você teria percebido muita fumaça pelo retrovisor. A perda também pode ser pelas juntas do motor, verifique se o protetor de carter está molhado de óleo; também pode vazar (e vaza) pelos retentores do virabrequim (veículo 2003, tá na hora de trocar esses retentores), são 2, um fica por fora do motor no lado direito (próximo à roda direita) e o outro retentor fica por dentro do receptáculo do kit de embreagem, atrás do volante do motor. Resumindo: como houve perda de óleo, tem algum vazamento, que não acredito que seja nos aneis de segmento.

  20. Josè Renato Da Silva Porto disse:

    Edvaldo,boa tarde.
    Em primeiro lugar quero desejar a você e sua familia uma boa tarde e um otìmo final de semana com muita saùde e benção de Deus.

    Eu ja trabalhei dentro de oficina mecanica a muito tempo .
    tenho um caminhão chevrole brasil 1979 a gas e gnv, mandei o motor pra retica ,agora estou tentando montar ,mas eixo com seus casquilhos no lugar,com as respeqtivas medidas,quando começo a apertar os mancais com seus peso indicado o eixo não gira nem a pau.

    pode me ajudar?

    Em emformar o que està acontecendo,

    • A retifica do virabrequim não ficou correta, ou as capas de mancal estão sendo colocadas erradas, invertidas ou a bronzina está com medida errada.

  21. antonio carlos coelho disse:

    ola, agradeço desde já o esclarecimento as duvidas que temos sobre nossos veículos
    tenho um fiesta 98 motor endura que foi feito retifica na parte superior do motor, após a montagem ocorreu uma falha no terceiro cilindro que não funcionava, começou então uma serie de trocas de componentes como bobina, velas, cabo de velas, regulador de pressão checagem de modulo limpeza na admissão, bomba de combustível, limpeza dos bicos injetores, enfim bastante componentes, agora o mecânico me informou que devemos trocar os anéis.
    minha pergunta: um defeito desse tipo pode ser ocasionado por falha de anéis, alguém já viu defeito igual.
    foram realizados tetes nos bicos tudo normal e também a centelha sai pela vela do terceiro cilindro.
    mais uma vez agradeço ao site

    • Primeiro troca um monte de coisa para depois ir no defeito real, fica no achismo. Isto é muito ruim para quem faz e para quem paga. Ta na cara que o problema é cilindro, talvez houve um erro de montagem dos anéis, de retifica, no cabeçote, etc.

  22. Joaquim Miguel disse:

    boa tarde caro, muito obrigado pela suas dica. O meu problema é o seguinte: O meu carro é um toyota Hiace motor 2TR gasolina, de repente o carro começou a trabalhar de maneira q o tubo de escape balançava muito e parecia q o motor ia abaixo, levei no tecnico e achou uma valvula quebrada, trocou se a valvula. Depois de montado andou um pouco começou a fumaçar. levei ao mecanico e descobriu-se que derreteu uma vela e danificou o quarto pistão. colocou-se o pistão e um jogo se segmentos novos. A minha pergunta é de seguinte maneira: Com os segmentos no devo colocar o carro por quanto tempo em velocidade reduzida?

    • Não sei o que disseram pra você, mas motor fez ta feito, claro que não se pode exagerar como: aceleração brusca, aceleração com o motor parado, excesso de carga, alto giro, etc. A unica coisa que recomendo pra você é trocar o óleo e filtro apos estes serviços com no máximo 500 KM.

  23. Guilherme disse:

    Boa tarde.
    Tenho um caminhão 608D 1985.
    O mesmo está baixando óleo de motor, porém todas as pessoas que tem esse tipo de caminhão me contaram que é normal ele baixar.
    Mas também me informaram que se estiver baixando um pouco além, este problema pode ser no cabeçote, pq se fosse anel, quando eu rodasse com ele e abrisse a tampa de óleo sairia um vapor branco por ela,.
    Gostaria de saber se estas informações são verdadeiras.
    Mesmno pq ele solta bastante fumaça branca de manhã e depois de aquecido ele diminui 80% e a cor da fumaça passa a ser cinza.
    DEsde já agradeço a atenção.

    • EdSolique disse:

      No seu caso os problemas são não só os anéis como também: cilindros muito gastos, na verdade tem que fazer o motor completamente.

  24. Silvio Costa Junior disse:

    Boa tarde Edvaldo, acabei de fazer inteiro o meu motor cummins série B, 6cl.e rodei 700km apresenteou um barulho, e o mecânico desmontou hoje e o quinto pistão esta todo riscado de um lado e a camisa também. fiz inteiro com peças originais, bomba injetora, bico turbina, bomba de oleo, o que pode ter acontecido?
    Muito obrigado!

    • EdSolique disse:

      Riscado ou engripado?
      Se for so riscado pode ter acontecido de ter quebrado canaleta do pistão e anéis; se for engripado ou foi por folga entre cilindro e pistão muito pequena, fora da especificação ou então o bico não estando bom ou mal regulado está injetando direto (mijando) ou pode ser o sincronismo que esta fora ou pode ter sido superaquecimento.

  25. marcelo luiz suzin disse:

    Bom dia, tenho um trator massey 4275 com 600 horas e esta consumindo em torno de 500 ml de óleo de motor para cada 100 lt de óleo diesel, o que pode ter ocorrido, e ouve o aumento do consumo de combustível, a revenda diz que esta dentro das especificações. O que devo fazer. Obrigado: Marcelo luiz suzin

    • EdSolique disse:

      Ta consumindo além do normal acredito. Este motor tem pistões e anéis diferenciados e com posição nos cilindros. A concessionária e retífica sabem destes detalhes.

Deixe o seu comentário!