om906Experiência de um Leitor!

O leitor Marcelo R. Pastura autor deste artigo via comentários, (Um retificador profissional da cidade de Campos dos Goytacazes-RJ) leu um dos artigos do blog sobre panes de funcionamentos e entrou em contato com o blog. Rapidamente teve auxilio das informações que precisava, por isso resolveu compartilhar com todos os leitores deste blog através dos comentários e passar uma de suas experiências.

Como é uma experiência compartilhada resolvi a pedidos do autor do comentário, editar em forma de artigo seu compartilhamento que acreditamos ser de grande valia para todos os demais leitores, reparadores e retificadores.

Leiamos então a sua experiência:

Caro amigo Edvaldo, obrigado por responder meu e-mail.

Esses contatos são de grande valor para nós, mecânicos, retificadores (e sofredores...).

Vou lhe contar uma informação  para você colocar no seu "acervo" de abacaxis e pepinos...

Recebi um motor para fazer uma reforma completa, OM-906. Ele sofreu um aquecimento severo, mas só danificou as camisas e pistões. Após o motor todo reparado e funcionando normal, o mesmo não abria giro (as unidades e bicos foram revisados na autorizada Bosch). Acelerava até o final e não passava de 1200 RPM. Como não possuo Scanner, mandei o caminhão para a autorizada Mercedes Bens da minha cidade.

Passado 40 dias de pesquisas e de diversas trocas de peças (sensores, turbina, bomba de alta, válvula de retorno) o mesmo retornou para nós com o mesmo problema. Eles alegaram que o volante motriz tinha de ser substituído, pois não estava fazendo leitura. De primeira, fiquei na dúvida, pois o Scanner deles só deu falha de pressão de turbina.

Após ter trocado o volante, dei com os burros n'água: O motor continuou  a não abrir o giro. Fiquei frustrado.

O que mais fazer?

unidade OM906Liguei para um amigo bombista de outra cidade e contei-lhe os problemas do motor ele mandou colocar um jogo de bicos novos. (unidades)

E agora!

Não era o volante?

Será os bicos?

Com muita coragem, a retífica comprou e eu os montei.

Após dar a partida e para minha surpresa, o motor voltou ao normal.

Estes fatos foram resolvidos após 2 meses de muita luta, consegui entregar o veículo ao cliente que não ficou nada satisfeito com a demora.

Essa foi mais uma que eu aprendi nos meus 22 anos de retífica!

Por isso eu quero compartilhar esse relato e ainda muitos outros que vier pela frente, se você permitir.

Obrigado.

Marcelo R. Pastura

Campos dos Goytacazes-RJ


Conheça também os manuais técnicos:

MTCO - Manual técnico de Corte de Óleo

MTRMF - Manual técnico da Retifica Motor do Fusca


Gostou do artigo?

Deixe aqui o seus Comentários a sua Opinião, Compartilhe!

Siga me também no Twitter - Facebook - Linkedin - Google+

Ou então Assine a Newsletter de Mecânica Solique e receba as novidades do blog em seu E-mail.


Mais sobre: , , , , , ,