«

»

Conferir todos os componentes do motor na hora da retifica!

O assunto na retifica agora é organização, confira:

Conferir todos os componentes do motor na hora da entrada na retifica

Mas, antes leia os artigos anteriores.

Clique nos links e confira:

Quando que é preciso retificar o motor? O que significa (IVA)?

Como sair ileso dos argumentos inexperientes do cliente?

Ficar atento sobre numerações de blocos de motor, cabeçotes, chassis…

Aplicação de peças de reposição que não sejam genuínas!

Em se tratando de produtos alheios é recomendado o maior cuidado quando de posse de outros. É bom sempre conferir, anotar tudo o que está recebendo. A falta de um acessório na hora da entrega da usinagem, geram muita confusão, por motivos as vezes banais, por exemplo:  esquecimento de um acessório que veio mas não foi. Está guardado na retifica, mas só pelo motivo de você ter esquecido, gera muito falatório.

Chegando serviços na retifica

Geralmente levam para a retifica, cabeçotes, virabrequins e até mesmo o motor completo e estes componentes para que sejam efetuados serviços de retifica é preciso estar totalmente limpos (sem acessórios). Nestas peças onde são acoplados diversos acessórios e suportes, além de incomodar muito o retificador passará a ser o único responsável de guardar em lugar seguro, estes acessórios depois de removidos.

Mecânicos são os que mais deixam o retificador pê da vida, eles tiram do veiculo o cabeçote com todos os acessórios e mandam direto para a retifica, sujo, cheio de óleo pingando por toda a parte.

O próximo passo é desmontar tudo para poder executar os serviços necessários. Na maioria das vezes o único serviço a ser feito é somente Plainar.

E o cliente sempre está com pressa do serviço, ficam ligando no celular ou recepção apertando o retificador para que libere logo os serviços. É Pra tirar mesmo o retificador do sério, que tem muito que fazer do que desmontar acessórios de cabeçote, motor, etc. Quando este serviço é do mecânico. E pior, que não pode cobrar nem a desmontagem.

Nestes casos se ficar para traz um acessório qualquer, ai o barraco está feito.

Isto porque o serviço que o retificador exerce, é exclusivamente no corpo físico do motor, por exemplo: cabeçote, bloco, bielas, virabrequim, eixo comando, etc. O que está acoplado internamente que é obrigação do retificador desmontar e montar.

Chavetas, porcas, parafusos, suportes, cebolinha de óleo e outros acessórios, não fazem parte dos serviços executáveis, por isso se não guardar em lugares visíveis, ou junto do cabeçote ou do motor, e ainda deixar de marcar nomes   e até mesmo de qual motor pertence, com certeza vai ficar peças para traz.

Geralmente o cliente não entra em contato diretamente com o retificador (salvo seja você o proprietário da retifica), sobre a falta de um acessório e sim para o chefe ou patrão, que ficam falando o tempo todo.

Auxiliar de retifica

Outro responsável por esta parte da organização de peças subsalente dos motores é o auxiliar, pois é ele quem executa a limpeza dos mesmos e por incrível que pareça é o que mais agrava a situação. Porque além de perder as peças, nunca vê nada e jura de pé junto que tal acessório nem para a retifica veio. E você fica nestes impasses: o cliente fala que veio, o mecânico confirma e o auxiliar nega tudo.

Criação de itens para organização

O autor deste artigo como retificador, também já passou e ainda passa por estas situações, mas ao longo dos tempos criou maneiras próprias de organização. Nada complicado: Com alguns filtros de ar (aqueles de caminhão), queima os e fazem-se cestos para na hora de desmontar um cabeçote, motor coloca-se ali dentro travas de válvulas, válvulas, molas, mancais, parafusos e qualquer tipo de peças pequenas. As maiores são postas em galões de óleo de motor com alças e furando o por completo. Neles são colocados os mancais do motor, suportes e todos acessórios de maior porte que vem no motor, criou ganchos e usa-se arames recozidos para amarrar e pendurar nos tambores de química: bloco, cabeçote, virabrequim, comando, etc.

Para marcar nas peças : nomes, medidas ou qualquer outra coisa, comprou uma lata de tinta pequena de cor amarela e um pincel (tipo escolar), ou simplesmente usando se das embalagens de válvulas, bronzinas criou-se etiquetas e junto com barbante, amarra-se nas peças e acessórios com as mesmas marcações que pedem.

Todos estes meios simples de ser fabricados podem ser feitos por você mesmo, algumas caçambas de discos e tambores de freios (aquelas jogadas no meio ambiente), tem serventia enormes na retifica. Você simplesmente poderá usar de sua imaginação. O importante é manter todos os acessórios do motor de seus clientes bem guardados limpos e protegidos. Como o retificador não pode cobrar para desmontar o cabeçote que veio montado, pelos menos pode cobrar pela organização e limpeza. Caso o cliente desista dos serviços e queira levar embora tudo limpinho.

O importante é organizar as peças na hora da recepção, anotar todos os itens. O melhor mesmo seria juntar todos os itens, que não serão usados para nada nos serviços que serão executados na retifica, colocar tudo em uma caixa e entregar ao proprietário para que levem de volta.

Às vezes o cliente quer que volte tudo montado. Tem muito disso.

Neste caso devem-se lavar tudo, organizar naqueles rescipiciente que você fabricou, para na hora da montagem, não faltar nada.

No próximo artigo vamos abordar um assunto muito mais sério e de importância para sua retifica, não só para a retifica mas para toda a oficina.

Verificar possíveis danos no caso do veiculo estiver presente.

Sempre menciono as oficinas mecânicas, porque está tornado-se amplo, oficinas mecânicas acopladas com retificas em seu interior ou vice versa.

Não deixe de receber em seu e-mail as informações de Mecânica Solique

Inscreva-se Mecânica – Solique por Email

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Olá, Sejam todos Bem-Vindo ao Blog Mecânica Solique! Atualmente exerço a profissão de Retificador de Motores na linha diesel, álcool e gasolina. Também atuo como: reparador, montador de motores, alguns conhecimentos técnicos em motores com injeção eletrônica sistema diesel e Otto. Deixo claro que na mecânica automobilística é impossível ter conhecimentos totais, pois a cada dia nos é apresentado um novo desafio. "Ter conhecimentos e dedicação todos os dias, é que nos torna profissional em qualquer área, aprendendo todos os dias a ser melhor que ontem" (Edvaldo Dias Solique – (Ajustador Mecânico Automobilístico). Autor do Blog: Mecânica Solique Com o tema: "Mecânica dos Tempos Modernos" E também autor dos manuais técnicos: - Corte de óleo; - Retifica do motor do Fusca.

A sua dúvida, opinião e cometários é muito importante para todos os leitores. Agindo assim ajudaremos a todos!

More in Dicas/Oficinas (32 of 48 articles)

%d blogueiros gostam disto: